ENTREVISTAS AOS ARTISTAS DO ESC2011 E DO FC2011! ENTREVISTA A WANDA STUART

ENTREVISTA EXCLUSIVA A WANDA STUART (FC 2011)


Como começou a sua vida artística?
A minha vida artística começou aos meus 14 anos de idade. Enquanto estudava, tinha igualmente aulas de música no Instituto Gregoriano de Lisboa e, à noite, cantava em bares, hotéis, casinos, etc... Participei em algumas séries na RTP como actriz e em alguns programas como cantora. Mais tarde, fiz audições para o Filipe La Féria, começando, imediatamente, a trabalhar no "Grande Noite", fazendo parte do elenco fixo do programa. A partir daí fiz "Maldita Cocaína", "Cabaret", etc... 


Qual foi, ou é, o seu maior sonho, artisticamente?
Os sonhos profissionais que já alcancei já não são sonhos, são realidades das quais me orgulho muito. Adoraria trabalhar com algumas pessoas que admiro, fazer cinema, continuar a fazer espectáculos e poder trabalhar até ser bem velhinha.

O Festival da Canção e a Eurovisão sempre fizeram parte da sua vida?
Quando era pequena (criança) não perdia um Festival RTP da Canção, aliás, ninguém lá em casa perdia... Nos últimos anos, confesso que nem sempre estive atenta. Obviamente que, com a minha participação este ano, voltei a prestar mais atenção ao certame e às suas regras e funcionamentos.
Que música vencedora do Festival da Canção mais a marcou?
Tal como disse em anteriores entrevistas, durante a minha infância houve canções do Festival que marcaram várias etapas da minha vida e todas elas foram importantes por isso mesmo. Mas poderei realçar uma canção que fazia parte das minhas tarefas domésticas. Por brincadeira, eu e uma das minhas irmãs costumávamos cantar o "Sobe Sobe, Balão Sobe" para ver quem é que aguentava mais tempo a nota final, era uma gritaria naquela cozinha... lol
  
O Festival já não é o que era? Que erros fatais predominam para haver uma estagnação do sucesso antigo? Terá a RTP de investir mais no Festival e na Eurovisão?
É óbvio que o Festival tem mais destaque e importância nos outros países da Europa que, também, investem mais na sua produção. Infelizmente isso não acontece só com o Festival, é bem patente a falta de importância que se dá à Cultura na sociedade portuguesa.
  
Como surgiu a ideia de concorrer ao Festival da Canção?
Foi um convite que me surgiu pelo Facebook, por parte do autor e compositor do tema que defendi, Paulo Teixeira de Sousa.


Como define a sua música, "Chegar à tua voz"?
É um hino a todas as pessoas que arriscam viver a vida com Amor, mesmo que isso signifique ir pelo caminho menos fácil. No fundo, é uma definição de mim mesma.


Podia ter investido mais na actuação no dia 5 de Março, ou foi com o que sempre sonhou?
Infelizmente, por falta de meios, ou de coragem para arriscar, não me foi permitido realizar em palco o que sonhei para esta canção. Mesmo assim, tentei transportar para cena toda a ambiência que envolvia o tema mas, se me deixassem, teria feito muito mais... paciência.


Ficou desiludida com os resultados das votações?
Não, porque não ia com nenhuma expectativa. Apenas queria defender a minha canção o melhor que pudesse e que as pessoas que acompanham o meu trabalho há anos, não se sentissem defraudadas.

Concorda com o sistema de votação do Festival da Canção (50% público, 50% júri)?
É uma forma como outra qualquer...
  
Além da sua, qual era a música, do Festival da Canção 2011, que mais gostava?
"São Os Barcos De Lisboa", de autoria de Carlos Massa, cantada pelo Nuno Norte.

Qual é a sua opinião sobre a possibilidade, de um futuro próximo, a RTP propor, a um grupo de fãs do Festival da Canção e da Eurovisão, a integração num júri de pré-selecção, das canções que são submetidas a concurso?
Durante a minha participação este ano, apercebi-me da existência de uma legião de fãs que segue desde sempre o Festival e a Eurovisão. Alguns deles poderão estar, até, mais informados e cientes do que poderia ter mais hipóteses na Eurovisão. Portanto, porque não?!

Sendo o Festival da RTP da Canção um concurso de canções e de compositores e intérpretes, não deixa de ser um espectáculo televisivo! Seria interessante a RTP apostar num evento a celebrar a música portuguesa, com eliminatórias e uma finalíssima, para que mais artistas pudessem mostrar o seu trabalho e a motivá-los a compor temas para o maior festival europeu de música, como a Eurovisão?
Tudo o que possa ser feito para valorizar e celebrar a Música Portuguesa tem o meu apoio.
  
O que achou da participação dos Homens da Luta na Eurovisão 2011?
Achei que a democracia tem de fazer parte destes concursos musicais, não esqueçamos que foram os mais votados online e que arrecadaram a maioria dos votos pelo telefone. Em relação às pessoas em si que compõem o grupo dos "Homens da Luta", adorei conhecê-los, são excelentes pessoas e eu estou solidária com a sua/nossa luta, é urgente mudar mentalidades e, se o Festival servir para isso, concorram outra vez para o próximo ano...

Qual era a sua música favorita da Eurovisão 2011?
Gostei muito da canção grega e da forma como se apresentou a canção ucraniana. A originalidade e preciosidade daquela artista plástica que ilustrava a história, arrebatou-me.


Gostou da vitória do Azerbaijão na Eurovisão 2011?
Preferia que tivesse ganho uma das canções mencionadas na resposta anterior.


Pensa concorrer, novamente, ao Festival da Canção?
Não.


Quais são os seus projectos para o futuro?
Continuar a viver da minha Arte, trabalhar o mais possível em projectos que me interessem realmente e criar a minha filha com dignidade e muito amor, preparando-a para o seu futuro.

Quer deixar uma mensagem final aos nossos leitores e aos seus fãs?
Muito obrigada por gostarem do meu trabalho e por me aceitarem como sou. Acreditem que o meu maior receio profissional é perder a vossa admiração e carinho. Prometo continuar a esforçar-me para que tal não aconteça...

BEIJOS AZUIS
Wanda Stuart 
Entrevista realizada por Diogo Canudo e Andreia Fonseca.
26/06/2011

1 comentário:

  1. Muito boa a entrevista, gostei da resposta, à questão do que fez na final, se fez o necessário...concordo com a Wanda, tudo pode ser melhorado mas tmb os meios que nos oferecem são importantes, sem isso nada feito.
    Parabéns ao Diogo e Andreia pela entrevista...

    ResponderEliminar


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.