ENTREVISTA EXCLUSIVA A FILIPA RUAS!

ENTREVISTA EXCLUSIVA A FILIPA RUAS (FC 2011)

Como começou a sua vida artística?
O meu primeiro impacto com a música foi aos 13 anos de idade, no Barreiro. No entanto, foi ao concorrer ao programa “Operação Triunfo”, em 2003, que tudo se tornou uma realidade.

Qual foi, ou é, o seu maior sonho, artisticamente?
É ouvir o público a cantar intensamente as minhas músicas.

O Festival da Canção e a Eurovisão sempre fizeram parte da sua vida?
Sem dúvida, ainda me recordo dos serões divertidos que passávamos a assistir ao festival, naquela noite, tudo parava.

Que música vencedora do Festival da Canção mais a marcou?
São algumas as músicas que me marcaram, mas acho que “ Sol de Inverno”, “Desfolhada” e “Depois do Adeus” são as minhas músicas de eleição.

O Festival já não é o que era? Que erros fatais predominam para haver uma estagnação do sucesso antigo? Terá a RTP de investir mais no Festival e na Eurovisão?
O maior erro fatal que predomina no Festival/Eurovisão, é o mesmo erro fatal que existe em todo o País. Temos pouco dinheiro, acreditamos pouco em nós e perdemos mais tempo a criticar do que a dar o melhor daquilo que temos aos outros.

Como surgiu a ideia de concorrer ao Festival da Canção?
Surgiu através de um convite de Pedro Sá, via Facebook.

Como define a sua música, Tensão?
Uma música irreverente, cheia de energia e com muita garra.

Podia ter investido mais na actuação no dia 5 de Março, ou foi com o que sempre sonhou?
Sou muito perfeccionista em tudo o que faço, e sempre que me vejo e ouço, tenho sempre muita coisa a apontar, por isso acho sempre que podia ter feito melhor. Por outro lado, se podia ter investido mais? Não!!! Dei tudo o que tinha!!! Nunca nos podemos esquecer é que estamos sobre uma grande “Tensão/ Pressão” o que dificulta a tarefa de quem está a cantar e a dançar, no meu caso.

Ficou desiludida com os resultados das votações?
Talvez, com o resultado do júri distrital! No entanto, fiquei muito feliz com o resultado do MEU PÚBLICO, é para eles que canto, eles deram-me o 3ºlugar ( público ) e isso fez-me sentir uma vencedora!!!!

Concorda com o sistema de votação do Festival da Canção (50% público, 50% júri)?
Ainda não percebi quem é mais justo, se o público, se o júri distrital lol. Acho, no entanto, que o júri distrital devia ser mais bem escolhido, um corrector de seguros fazer parte do júri distrital do festival da canção é uma coisa muito grave e não deveria ser permitido, para isso existe o público a votar.

Além da sua, qual era a música, do Festival da Canção 2011, que mais gostava?
Gostava da música do Nuno Norte, do Rui Andrade e da Tânia Tavares.

Qual é a sua opinião sobre a possibilidade, de um futuro próximo, a RTP propor, a um grupo de fãs do Festival da Canção e da Eurovisão, a integração num júri de pré-selecção, das canções que são submetidas a concurso?
Acho que para fazer parte de um júri, seja ele final ou de pré-selecção, o mais importante é haver imparcialidade. Por isso não acho mal, desde que percebam de música e sejam imparciais.

Sendo o Festival da RTP da Canção um concurso de canções e de compositores e interpretes, não deixa de ser um espectáculo televisivo! Seria interessante a RTP apostar num evento a celebrar a música portuguesa, com eliminatórias e uma finalíssima, para que mais artistas pudessem mostrar o seu trabalho e a motivá-los a compor temas para o maior festival europeu de música, como a Eurovisão?
Acho bem, no entanto, recordo-vos que no ano de 2010 a RTP apresentou no campo pequeno duas eliminatórias e uma finalissíma, correu tudo muito bem, mais artistas puderam expor as suas músicas, no entanto, isso fez com que em 2011 a RTP tivesse que reduzir os gastos. Recordem-se que este ano, nem pirotecnia existiu durante o festival. Mais eliminatórias = mais gastos e o País está a sofrer uma grande regressão no que diz respeito à cultura.

O que achou da participação dos Homens da Luta na Eurovisão 2011?
Homens da Luta na Eurovisão, genuínos como só eles o são. Fizeram tudo aquilo que já esperávamos, acima de tudo, muita diversão.

Qual era a sua música favorita do ESC 2011?
Por motivos profissionais, não consegui acompanhar o ESC 2011 como gostaria, por isso não posso apontar nenhuma favorita.

Gostou da vitória do Azerbaijão na Eurovisão 2011?
Confesso que fiquei um pouco desiludida.

Pensa concorrer, novamente, ao Festival da Canção?
Como interprete não, já deixei a minha marca de identidade no Festival da Canção 2011, por agora chega. Como compositora/ Letrista não excluo essa possibilidade.

Quais são os seus projectos para o futuro?


Gostava muito que o meu CD saísse em 2012, no máximo, mas vamos ver o que o futuro me reserva, há-de ser sempre com MUITA MÚSICA, não tenho dúvida.


Quer deixar uma mensagem final aos nossos leitores e aos seus fãs?
Que continuem a acreditar na música Portuguesa, nos nossos intérpretes e no Festival da Canção. Continuem perseverantes e confiantes como só vocês o sabem fazer. Obrigada por tudo e tratem de ser felizes!!!! Beijos!

Entrevista realizada por Diogo Canudo e Andreia Fonseca.
14/08/2011

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.