[ENTREVISTA] CONHEÇA MELHOR OS CÚMPLICE'S!



           
          O duo Cúmplice's é composto por Susana Gonçalves e Pedro Portas e tem uma vasta história. O início dessa história remonta a 1991, onde Susana e Pedro se conheceram num clube de vídeo, local frequentado por ambos. Tornaram-se amigos, em grande parte devido ao gosto comum que tinham pela música Já em 1992, Susana e Pedro formaram a sua primeira banda que tinha por nome “Silence”. Mas em 1993, por se terem apercebido que existia uma banda de nome “Silencers”, decidiram mudar de nome, em busca de algo original. Dessa procura, encontraram um nome que, segundo os próprios, encaixava, na perfeição, à banda em questão. Seriam os SWF (Single White Female), pelo facto de ter uma única mulher integrante e pela mesma ser “branca como a neve”.
     Passaram-se os anos, com concertos em vários bares, mudanças de músicos e, até, algumas “zangas”, até que concorreram ao Festival da Canção em 2000. O tema era “Ave Cega”, e, a partir deste momento, a ideia de gravar um álbum tornou-se num objetivo da banda.
         Como pretendiam cantar em português, resolveram, mais uma vez, mudar de nome, até porque o que tinham até então não era congruente com essa opção. E foi então que optaram pelo nome que exibem atualmente, “Cúmplice’s”. O apóstrofo final funciona como uma forma de marcar as influências que a música anglo-saxónica exerce sobre a banda, conferindo-lhe um toque internacional. Em 2004, chegou o tão desejado álbum de originais, com título homónimo ao nome da banda. Este momento marcou, substancialmente, o percurso da banda, conferindo-lhe mais notoriedade. 


        Como nem só de música se faz um músico, o percurso da banda sofreu um, ligeiro, desvio devido à vida pessoal de Susana e Pedro, tendo estes seguido caminhos distintos. Entretanto, Pedro Portas lançou um álbum a solo, “Uma história sem fim”, que, bem, podia funcionar como banda sonora de um documentário sobre a banda “Cúmplice’s”. Porque embora tenham ocorrido alguns imprevistos na sua história, a banda voltou a unir-se em prol de um grande feito… Partir à conquista de um lugar em Baku!


        Os Cúmplice’s serão os sétimos a subir ao palco no próximo dia 10 de março, sendo o único duo a concurso. Para a sua participação contam com J.J.Galvão e Rui Filipe Reis como letristas e compositores. Este será, sem dúvida, mais um importante (e, certamente, feliz!) capítulo da “História sem fim” da banda Cumplice’s.

ENTREVISTA EXCLUSIVA!

O que o levou a concorrer ao Festival da Canção 2012?
Mais uma oportunidade de mostrar o trabalho que andamos a fazer na música. É a segunda vez que participamos e é um grande orgulho representar a música portuguesa.

Como encara o nosso processo de seleção do FC? Concorda com a escolha, em separado, de cantores e compositores?
É pelo menos diferente! A RTP está a tentar realizar o melhor de sempre, ao menos assim parece com as escolhas.

Como idealiza a sua atuação no dia 10 de Março? Já tem algo em mente?
Estamos a trabalhar na música de forma a apresentar uma proposta diferente e inovadora.

Se conseguisse chegar ao palco da Eurovisão, em que aspetos apostaria mais?
A nossa música tem muitos pontos interessantes a apostar, somos 2 vozes, um som com fusão das culturas europeias e com muito ritmo.

Gostaria de ter a possibilidade de cantar em outra língua, que não a portuguesa?
Na Eurovisão sim! Visto termos uma língua muito rica e complexa de nos entenderem.

Gostava de cantar com orquestra ao vivo?
Claro! Em 2000 trabalhámos com orquestra e foi muito bom… As músicas ficam mais ricas.

Quais os ingredientes secretos para "fabricar" uma música eurovisiva?
Uma música com sonoridades que todos os países na Eurovisão se identifiquem e boas vozes.

O que tem para oferecer enquanto possível representante luso na Eurovisão?
O nosso melhor desempenho na procura da melhor classificação de sempre…

Sabendo a semifinal em que Portugal está inserido, quais as suas expectativas referentes às nossas hipóteses de qualificação para a final?
Se for com a nossa música, as possibilidades de ter boas pontuações são muitas visto que a nossa sonoridade é de certeza bem aceite.

Que géneros musicais acha que fazem mais sucesso atualmente?
Todos os géneros fazem sucesso desde que tenham qualidade.

Acredita numa vitória portuguesa no ESC, ou considera tal ideia como uma utopia?
É um sonho que um dia será realizado…porque Portugal tem muito bons músicos desejosos de mostrar que não somos lixo europeu.

Quer deixar alguma mensagem aos eurofãs portugueses?
VOTEM!

 Fontes: Facebook Oficial da banda, RTP, Festivais da Canção | Imagens: Motor de pesquisa Google | Vídeo: YouTube
22/02/2012

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.