Opiniões Musicais - ESC 2015: Grécia, Estónia, Macedónia, Sérvia e Hungria




MARIA ELENA KYRIAKOU - "ONE LAST BREATHE"


Luís Sousa & Vânia Fernandes: Um tema algo diferente do que a Grécia nos tem habituado, parece que a Grécia abrandou um pouco o ritmo e trouxe algo diferente. Será interessante ver como é que a Europa vai reagir a isso, pois a Grécia tem-se mantido nos primeiros lugares nos últimos anos quase sempre com temas dançantes. Maria-Helena é uma cantora competente que se entrega ao tema. Mas o tema não nos leva propriamente à Grécia, é uma balada como muitas outras já apresentadas no evento. 

Ricardo Soler: Custa-me ver a Grécia neste registo, porque sou fã dos instrumentos típicos do país e esta canção não passa de mais uma balada, até um pouco antiquada e que não explode. No final o instrumental cola-se a "Rise Like A Phoenix".

Suzy: A prestação da representante da Grécia, neste tema, é fenomenal, é uma cantora com grande potencial vocal no sentido que tem uma voz cheia, uma voz com extensão vocal e que sabe interpretar: O tema em si é bonito, agradável, um pouco previsível, digamos estereótipo de balada de Eurovisão - mas não deixa de ser um tema forte e um tema com uma boa base melódica.




ELINA BORN & STIG RASTA - "GOODBYE TO YESTERDAY"


Luís Sousa & Vânia Fernandes: É sempre interessante ver um dueto. As vozes de Elina e Stig conjugam muito bem, Stig com um timbre escuro e pesado, e Elina com uma voz leve e um timbre muito bonito. O tema até é interessante, mas será suficiente para encantar toda a Europa? São cantores que fazem o que tema pede, mas o tema não parece ter a força suficiente para vencer o certame. O tema não cresce tanto quanto podia e a melodia não é viciante o suficiente para ficar nos nossos ouvidos. 

Ricardo Soler: Aborrecimento total. É o género de canção que se tocasse na rádio me faria mudar de estação. A música melhora bastante quando a intérprete começa a cantar. Canção que poderia ser dos EUA ou UK, e que nada me diz da Estónia.

Suzy: Gosto muito do tema "Goodbye To Yesterday", que a Estónia vai levar à Eurovisão 2015. A nível de "staging", acho que, se o fizerem de uma maneira anos 60, resultará em Viena, já que o look da Elina e do Stig identificam-se, tal como a nível de instrumental e a nível melódico (claro, sempre, com uma roupagem mais moderna). Acho que o tema está muito bem conseguido a letra é fenomenal, no sentido que aproxima o ouvinte e capta a atenção do mesmo para os cantores. É um tema que pode muito bem ir à final.




DANIEL KAJMAKOSKI - "AUTUMN LEAVES"


Luís Sousa & Vânia Fernandes: Um dos nossos temas favoritos, embora a sua orquestração não nos leve a pensar que pertença à Macedónia. Daniel é um excelente cantor, dá ao tema o que o mesmo pede. A melodia é muito bonita, o piano no início do tema é perfeito, e antecipa o que vem seguidamente. A nível do poema possui alguns clichés, mas a nível da orquestração está muito bom e os coros do tema dão força ao tema. O vídeo da música está muito interessante, o que revela noção e sensibilidade artística. 

Ricardo Soler: Uma composição melodicamente estranha. Parece que o que a voz está a fazer não encaixa de todo no instrumental, só melhorando a partir do refrão mas continuando a não ser memorável. Cairá no esquecimento...

Suzy: É um tema agradável, desde o intérprete à melodia - mas não surpreende este ano, realmente não há muitos temas diferenciadores uns dos outros.



BOJANA STAMENOV - "BEAUTY NEVER LIES"


Luís Sousa & Vânia Fernandes: Bojana é uma cantora muito competente e com uma boa voz, mas o mesmo não se pode dizer da orquestração do tema. O tema parece ser algo antiquado, e a sua sonoridade remete-nos para outros temas já apresentados no evento. A mensagem do poema é importante e relevante nos nossos dias, mas não nos podemos esquecer do tema em si. Tal como muitas outras canções, não apresenta elementos na sua orquestração que nos remetam para a cultura da Sérvia.

Ricardo Soler: É uma pena que esta canção deixe de ser totalmente interpretada na língua materna. A Sérvia, mais um ano, a participar com qualidade, com uma boa canção, intérprete cheia de força e vocalmente cheia de surpresas. No entanto acho que a primeira parte da canção se tenta colar demasiado ao fenómeno "Molitva".

Suzy: Que grande voz! A cantora tem um grande poder vocal, uma grande extensão vocal, uma força interior enorme. No final do tema dá-lhe asas para reforçar o crescendo. É uma tema forte, se apostarem na apresentação ir à final. Acho que tem potencial para ir à final.



BOGGIE - "WARS FOR NOTHING"


Luís Sousa & Vânia Fernandes: Um tema completamente diferente dos restantes apresentados. O facto de ser acústico distingue-o dos restantes. A intérprete dá exatamente o que o tema pede. Também esta canção possui um belo poema e uma mensagem importante. Pode ser que este tema surpreenda, pois imaginamos que poderá ter a arena a cantar. Não é o típico tema festivaleiro mas ganha pela sua simplicidade e pelo facto de ficar no ouvido.

Ricardo Soler: Estou muito cansado desta temática da guerra/paz na Eurovisão. A canção, deste ano, da Hungria fica muitos furos abaixo da brilhante prestação do ano anterior, chegando a ser aborrecida.

Suzy: Este tema é simplista, new wave, é uma balada que nos transmite paz, ficamos relaxados, faz-nos pensar, reflectir… mas possivelmente na arena, onde vai decorrer o Festival Eurovisão 2015, não é um tema que vá captar muito a atenção dos presentes ou dos telespectadores, penso eu.



Vídeos: Eurovision.tv
30/04/2015

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.