ESC 2015: comentários às indumentárias dos pré-finalistas





Depois de tanta roupa em tons de preto ou branco nas semifinais chegamos à final e temos... preto! Lisa enverga um vestido preto relativamente simples que lhe assenta bem e que acho adequado à forma de corpo e idade dela. Para além disso, este é um tema com uma certa profundidade e uma cor mais leve seria um erro. Claro que outra cor escura qualquer não destoaria do tema mas, mais uma vez, o preto é sempre uma aposta segura, e a França seguiu pelo mais fácil. No entanto, é uma roupa que me deixa completamente indiferente. Se tivesse que definir num só adjectivo, seria insossinha (porque insossa já é demasiado elogioso).



Juro que por vezes fico preocupada com o meu mau gosto, mas adoro a forma como o Reino Unido apostou nesta proposta. A música já era um risco, mas eles arranjaram roupas a condizer! Aquilo brilha! Brilha tanto que faz doer os olhos! É parolo até dizer basta, mesmo que as roupas (pelo menos enquanto não brilham) sejam bastante adequadas para a época temporal a que a música nos remete. No final de contas, porque é que eu gosto? Muito simples: eles trouxeram cor para e alegria para aquele palco, que é algo que eu realmente sinto falta. E convenhamos, quem não fica divertido só de olhar para eles? Quem não se ri por ver aquilo a brilhar como se estivessem iluminados por luzes de discoteca? Se é para divertir com a música, é para divertir com tudo! Agradecimentos ao Reino Unido por me fazerem rir!



Continuando a falar em apostas arriscadas em termos de roupa, aqui temos outro risco que resultou muito bem! Tiro o meu chapéu à Austrália, porque acho muito mais difícil vestir um homem sem cair em clichés e neste caso conseguiram ser originais sem serem estúpidos. Não sei porquê associo esta roupa a algo que uma estrela de música usaria num meio americanizado. Bem, na realidade, acho que é isso que Guy Sebastian será. O que é certo é que a chiqueza e o glamour ficaram em casa para dar lugar a algo mais estiloso e memorável, diferente do que qualquer outro cantor usou este ano. Haja cor e estilo próprio!



Sinceramente, não consigo gostar este ano do tema levado pela Áustria. Como país anfitrião, esperava um tema mais forte, mais marcante e que se perpetuasse na memória dos fãs eurovisivos. Apesar disso, e de não estar aqui para comentar a actuação, resta-me restringir-me à indumentária. Confesso que gosto! Gosto do estilo clássico e do apontamento em "floreado" que está patente no Blazer do interprete. Nota-se que houve uma preocupação e, honestamente, gosto do toque requintado e da valorização que o chapéu acrescenta. No seu conjunto, não aponto nada de errado, apenas que gosto da personalidade própria e da mistura da mistura de estilos - conjugados numa mesma indumentária.  




A Espanha este ano surpreendeu. A aposta é enorme, o tema trazido por Edurne é, sem qualquer dúvida, fascinante, e todo o envolvimento é de uma genialidade - que acredito que traga bons resultados ao país. A indumentária escolhida não poderia ser melhor, a capa vermelha que chama bastante a atenção, revela o lado mais sombrio e mais demarcado do próprio tema e, quando menos se espera... surge Edurne num outro vestido de tirar o fôlego. A passagem foi feita ao milésimo de segundo, naquela viragem em que nos perdemos na força emanada pelo tema. Apesar de ser um vestido longo, o mesmo possibilita uma série de movimentos que leva ao expoente da actuação. Boa escolha Espanha! Muito boa escolha.  



Não se podia esperar outra coisa da Itália. O próprio tema não possibilita uma grande margem de manobra, e os próprios Il Volo, não ganhavam, em nada, ao alterar o seu estilo. Os fatos pretos, conferem à actuação um requinte e um bom gosto inegável. Mas, o meu destaque, vai mesmo para as camisas que, na minha perspectiva, são bastante diferenciadoras das restantes. As costuras na vertical, fazem afinar a própria fisionomia dos artistas e, ao mesmo tempo, torna-se o ponto forte da indumentária. Gosto, mas não me surpreende.

Melhor indumentária dos finalistas: Espanha
Pior indumentária dos finalistas: França

Imagens: Eurovision.tv
22/05/2015

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.