ESC2015: conheça os votos da OGAE Albânia


A OGAE Albânia já elegeu os seus favoritos do Festival Eurovisão da Canção 2015: a Itália com "Grande Amore".

Os Il Volo venceram a votação albanesa e remeteram para o segundo lugar Edurne e para o terceiro Polina Gagarina da Rússia. A Suécia, que continua líder das casas de apostas, ficou-se pelo 4º. lugar e continua a perder terreno na liderança desta votação.

Confira a votação completa:

Itália (12 pontos)
Espanha (10 pontos)
Rússia (8 pontos)
Suécia (7 pontos)
Estónia (6 pontos)
Noruega (5 pontos)
Geórgia (4 pontos)
Israel (3 pontos)
Grécia (2 pontos)
Islândia (1 ponto)

Com estes resultados, a Itália distancia-se da Suécia no comando da votação. Até ao momento foram contabilizados 10 votos de 10 países diferentes: Portugal, Arménia, Albânia, Estónia, Irlanda, Bulgária, Suíça, Áustria, Luxemburgo e França. Portugal continua sem receber qualquer ponto.

Confira a votação completa:

1º. Itália (105 pontos)
2º. Suécia (91 pontos)
3º. Estónia (58 pontos)
4º. Noruega (49 pontos)
5º. Austrália (48 pontos)
6º. Israel (45 pontos)
7º. Espanha (40 pontos)
8º. Eslovénia (39 pontos)
9º. Rússia (23 pontos)
10º. Azerbaijão (19 pontos)
11º. Bélgica (17 pontos)
12º. Holanda (9 pontos)
13º. Islândia (7 pontos)
13º. Geórgia (7 pontos)
13º. França (7 pontos)
14º. Suíça (6 pontos)
14º. Reino Unido (6 pontos)
15º. Grécia (2 pontos)
15º. Albânia (2 pontos)

Reveja "Grande Amore":


Fonte: ESCPortugal/Vídeo: Eurovision.tv
02/05/2015

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.