Grécia: ERT novamente em risco


O Festival Eurovisão da Canção foi o terceiro programa mais visto na Grécia durante esta temporada com 54,2% de share.

A final do ESC teve cerca de 1,95 milhões de espetadores, mas a participação grega em 2016 ainda está na dúvida. Os motivos são óbvios: a crise grega cresce de dia para dia e o acordo alcançado com o Eurogrupo, ainda por aprovar pelo parlamento grego, pode levar a um novo fecho da ERT. Para conseguir um novo acordo com os credores, o governo de Tsipras tem de suspender leis específicas aprovadas a 20 de fevereiro. Uma dessas leis foi a reinstituição da Hellenic Radio Television - ERT.

Além disto, a emissora pública não quer gastar dinheiro com a participação grega na eurovisão e a MAD TV (que tem organizado a final nacional do país) também não mostra interesse em participar devido aos maus resultados alcançados em 2014 e 2015.

A Grécia estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 1974 e já ganhou uma vez: em 2005, com Helena Paparizou e a canção "My Number One". Em 2015 o país foi representado por Maria Elena Kyriakou com a canção "One Last Breath", alcançando o 19º lugar na final com um total de 23 pontos.

Recorde "One Last Breath":


Fonte/Imagem: Oikotimes/Vídeo: Eurovision.tv
14/07/2015

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.