ESC 2016: mais figuras públicas portuguesas revelam a sua opinião sobre a desistência de Portugal


A OGAE Portugal continua a revelar mais opiniões de figuras públicas sobre a não-participação de Portugal no Festival Eurovisão da Canção em 2016 (ESC). 

Duas semanas após o anúncio da Rádio e Televisão de Portugal (RTP) de não participar na Eurovisão em 2016, a OGAE Portugal continua a recolher opiniões sobre a desistência de Portugal. Personalidades como Axel, Nuno Valério, Yola Dinis, Nuno Marques da Silva, Teresa Radamanto e Rubi Machado revelam as suas opiniões. 

Axel não se revela surpreendido com a decisão da RTP pois: "tendo em conta as audiências, quer da final portuguesa, quer das semi-finais da eurovisão e final da Eurovisão, não surpreende a decisão. O investimento é grande para os resultados obtidos, tendo em conta que se podem seguir as emissões online. Se tomarmos em consideração o feedback 90% negativo em termos das redes sociais às prestações portuguesas…também não surpreende." Também Nuno Valério, autor de canções dos Festivais da Canção 2010 e 2011 revela que a decisão não surpreende contudo espera mudanças de estratégia e atitude a partir de 2017.

A maior parte mostra-se contra a decisão da RTP como Yola Dinis que diz a cultura portuguesa perde muito com este tipo de atitudes e que as gerações futuras começam a ficar sem referências do que é a cultura portuguesa. Também Nuno Marques da Silva, autor de canções concorrentes nos Festivais da Canção de 2007, 2008, 2010, 2012, 2014 e 2015, diz que é lamentável a decisão de não participar na Eurovisão e de nem sequer organizar o Festival da Canção e espera que a RTP faça como alguns países balcãs onde mostram "orgulho e promoção dos seus países, da sua cultura e da sua língua."

Teresa Radamanto, participantes nos Festivais da Canção de 1998, 2007 e 2015, revelou também o seu descontentamento em ver Portugal fora da Eurovisão revelando que argumentos como maus resultados não podem ser desculpa para tudo e que espera que a nova estratégia planeada pela RTP para 2017 dê melhores resultados às prestações portuguesas. Rubi Machado, participante no Festival da Canção em 2015, mostra grande tristeza na não-participação de Portugal em 2016 dizendo que é uma "desistência de investimento na cultura portuguesa". 

A RTP tenciona voltar em 2017 com ideias renovadas e com um plano bem estruturado para a participação portuguesa sendo que estas novas estratégias parecem ser o plano para as participações portuguesas a partir de 2017. 

Recorde a participação de Portugal em 2015:


Fonte/Imagem: festivaiscancao.wordpress.com/Vídeo: Eurovision.tv
21/10/2015

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.