Austrália: 'provámos aos haters que estavam errados'


Special Broadcasting Service (SBS), emissora pública da Austrália, tenciona expandir o conceito da Eurovisão para outros países.

Michael Ebeid. director da SBS, diz que a emissora tem conversado com as principais emissoras da China, Índia e Coreia do Sul para que as mesmas participem no Asiavision, o spin-off da Eurovisão que arranca no próximo ano. Ebeid diz que a esperança da emissora é conseguir que o vencedor do Asiavision consiga uma vaga na final da Eurovisão.

Em relação à participação australiana, o director da SBS considera que "provamos aos haters que estavam errados". Completa dizendo que Dami Im apresentou algo novo e fresco para a competição e que o país tem sido útil para a mesma, anunciando que estão a ser feitas as negociações para uma terceira participação do país. Por fim, diz que a motivo pelo qual a Austrália esta a participar no certame e não, por exemplo, a China ou os EUA, é que o país já se interessa pelo concurso há 33 anos.

Dami Im conquistou o 2º lugar no Festival Eurovisão da Canção 2016, com "Sound of Silence", arrecadando um total de 511 pontos e tendo sido a favorita do júri.

Reveja "Sound of Silence":


Fonte/Imagem: The Sidney Morning Herald/Vídeo: Eurovision.tv
16/05/2016

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.