ESC 2017: nem todos os artistas russos poderão entrar na Ucrânia


Anton Gerashchenko, ministro ucraniano, escreveu hoje no Facebook que nem todos os artistas russos terão autorização para entrar na Ucrânia no Festival Eurovisão da Canção 2017.

"Temos o direito de estabelecer regras sobre o território do nosso país. É a Ucrânia quem decide quem tem permissão para cruzar a fronteira e quem não tem. O mesmo se aplica aos meios de comunicação russos. Assim, Kremlin decidiu que alguém como Chicherina ou Kobzon devem participar no concurso, vamos simplesmente proibi-los de entrar na Ucrânia. Faremos isso porque eles estão na nossa lista de paragem de pessoas que ameaçam a segurança nacional", escreveu o ministro.

Assim sendo, qual artista russo que o governo ucraniano considere uma ameaça à segurança nacional da Ucrânia será proibido de entrar no país. Segundo Gerashchenko esta lista, que contém actualmente 83 nomes, será actualizada.

A European Broadcasting Union (EBU) já respondeu a esta declaração: "Todos os países elegíveis serão bem-vindos em 2017. A emissora anfitriã e as autoridades competentes irão assinar um acordo com a EBU a garantir a segurança de todos os participantes do evento, como sempre têm feito.".

Fonte: Oikotimes/Imagem: Telegraph.co.uk
20/05/2016

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.