Bósnia e Herzegovina: as dívidas chegam à BHRT


As emissões da BHRT vão ocorrer até ao final do mês de Julho, uma vez que vai transmitir Euro 2016 e terá acesso a outros conteúdos da União Europeia de Radiodifusão (EBU), enquanto ocorrem as negociações com o governo para garantir o seu futuro e sustentabilidade.

Após o 'terramoto' na Roménia, a televisão pública da Bósnia e Herzegovina está a enfrentar algumas dificuldades e a planear a sua saída da EBU. A dívida de 12 milhões de euros, 5,5 milhões dos quais são devidos à União Europeia de Radiodifusão, provocou um aviso de suspensão de transmissões programadas para o final de junho. Bósnia e Herzegovina, assim, tornar-se-à o primeiro país europeu sem uma PSB. As negociações entre a UER e as autoridades bósnias deram frutos, resultando assim na extensão do prazo de pagamento previsto para 30 de Maio. O BHRT é assim assegurada para continuar no ar até 10 de julho, e ter acesso a outros conteúdos da União Europeia de Radiodifusão. 

No entanto, trabalhadores da televisão pública bósnia, no entanto, estão pessimistas sobre o seu futuro, se governo não apresentar uma reforma profunda do canal e seu financiamento. O director-geral da UER, Ingrid Deltenre, disse que "a situação continua a ser crítico, mas esperamos que a BHRT seja capaz de concordar com um plano juntamente com o governo bósnio, de forma a pagar suas dívidas, e estabelecer um financiamento sustentável para permitir que o público continue a desfrutar dos seus  conteúdos. A presença da Bósnia e Herzegovina no Festival Eurovisão da Canção 2017,continua a ser complicada devido à dívida, à continuidade do próprio canal, e os seus orçamentos ou patrocínio para o próximo ano.


Fonte: Eurovision-Spain.com

11/06/2016

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.