JESC 2016: ex-presidente da emissora polaca ataca concurso


Juliusz Braun, presidente da emissora polaca Telewizja Polska (TVP) considera que "os danos à educação são enormes", se o país voltar ao concurso Festival Eurovisão da Canção Júnior (JESC)

O presidente esteve na emissora entre 2011 e 2015. Em entrevista ao Wirtualnemedia.pl, declarou que as razões para a não-participação: "Durante alguns anos analisámos o concurso de música pelos convites da EBU/UER e concluímos que não era um projeto adequado. Os formatos infantis costumam ter boas audiências. Mas, apesar de atraírem os telespectadores, descobrimos que os danos à educação são muito maiores que os benefícios que se podem retirar".

Estas afirmações acontecem num momento em que a emissora revelou que poderia regressar ao concurso infantil em 2016. O país apenas participou em 2003 e 2004, tendo recebido o último lugar nos dois anos.

O concurso irá acontecer no dia 20 de novembro, em Valletta, e já conta com a presença de oito países: Albânia, Bielorrússia, Bulgária, Holanda, Irlanda, Itália, Malta e Rússia.

Fonte/Imagem: escportugal.pt
26/06/2016

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.