Arménia: confirma participação para o ESC 2017 com moldes diferentes


A emissora nacional da Arménia, Armenian TV (AMRTV), confirmou a participação do país na próxima edição do Festival Eurovisão da Canção (ESC), na Ucrânia. E com moldes diferentes de seleção, com a organização de uma final nacional.

Apesar de em anos anteriores a emissora ter preferido selecionar os seus representantes através de escolha interna, para 2017 quiseram organizar uma formato que dura três meses e que se intitula "Depi Evratesil".  Trata-se de uma final nacional, em que os próprios telespectadores irão escolher o seu representante. Para se concorrer ao concurso, é preciso que tenha nacionalidade arménia ou herança cultural ligada ao país e 16 anos ou mais.

Entretanto, a Arménia junta-se à Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Estónia, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Hungria, Israel, Letónia, Noruega, Polónia, Portugal, Suécia, Suíça e Ucrânia. Relembramos que o ESC 2017 irá acontecer nos dias 9, 11 e 13 de maio. Para já, ainda são datas provisórias.

A Arménia estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 2006 e o seu melhor resultado é um quarto lugar por duas vezes: em 2008, com Sirusho e a canção "Qele qele", e em 2014, com Aram MP3 e a canção "Not Alone", alcançando o 4º lugar na final. Em 2016 o país foi representado por Iveta Mukuchyan e a canção “LoveWave”, alcançando o 7º lugar na final com um total de 249 pontos.

Relembre a última participação da Arménia:


Fonte/Imagem: esc-plus.com/Vídeo: Eurovision Song Contest
01/07/2016

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.