ESC2017: cidade de Dnipro revela planos para sediar a competição


A cidade ucraniana de Dnipro revelou os detalhes da sua candidatura para sediar o Festival Eurovisão da Canção 2017

Designando-se como a 'cidade que parou a Primavera Russa', os dirigentes da cidade de Dnipro revelaram todos os detalhes da sua candidatura para receber a 62.ª edição do Festival.

Boris Filatov, presidente municipal, afirmou que a cidade está pronta para sediar o evento e garante que estão disponíveis a investir cerca 18 milhões de euros. Além disso, avança ainda que existe um fundo reserva de 1,4 biliões de hryvnia e que o uso desse capital não irá afetar o funcionamento normal da cidade.

Segundo a documentação revelada, a competição será realizada no Meteor Sport Arena, com capacidade para cerca de 9 500 pessoas, afirmando que a mesma estará renovada a tempo para receber a competição. O centro de imprensa, por sua vez, situar-se-à nas imediações da Dnipro Arena, estádio construído para o Euro 2012.

Para além disso, os responsáveis garante que a cidade terá capacidade hoteleira para a competição, estando prevista a construção de vários hotéis que, conjuntamente com os 3700 quartos disponíveis na cidade, irão atingir os limites impostos para a corrida. As obras em curso no novo terminal do aeroporto da cidade, o aumento das ligações de transportes públicos e o reforço da seguranças são outros dos tópicos que sustentam a candidatura.

Lembramos que a emissora ucraniana decidirá nas próximas semanas qual a cidade que sediará o evento do próximo ano: Dnipro, Kharkiv, Kherson, Kiev, Lviv e Odessa estão na corrida.

Fonte/Imagem: ESCPortugal.pt
12/07/2016

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.