Portugal: 'Voz do Cidadão' dá destaque à Eurovisão


O Festival da Canção e Festival Eurovisão voltaram a estar em destaque no programa "Voz do Cidadão", o programa do Provedor da RTP.

O Festival Eurovisão da Canção  já foi abordado diversas vezes no programa televisivo realizado pela RTP, emissora pública portuguesa. Desta vez, o programa ouviu o autor do estudo "Que imagem do país a televisão do Estado tem exportado através do Festival da Canção?", Jorge Mangorrinha, professor de Turismo na Universidade Lusófona. Dois anos depois, e tendo como base algumas das conclusões do estudo, Mangorrinha participou no Festival da Canção como letrista da canção "Um fado em Viena" interpretada por Teresa Radamanto, em 2015, mas não conseguiu o lugar em Viena: a vitória calhou a Leonor Andrade com "Há um mar que nos separa".

O autor, que falou no programa, referiu "o papel da RTP não se deve confinar a levar uma canção à Eurovisão, mas deve ter um papel de relacionamento permanente com os autores mas também uma pedagogia à volta da música portuguesa que deve ser feita nos programas da manhã, da tarde e da noite". Outro ponto referido por Mangorrinha tem a ver com as "parcerias fundamentais que a RTP deve ter para chegar à Eurovisão para que a RTP possa chegar à Eurovisão e dizer 'nós temos as condições e queremos ganhar'". Passa também, segundo o mesmo autor, "por ter uma relação estreita com o governo, com os serviços diplomáticos, com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, com o Turismo, com a Câmara Municipal de Lisboa... a RTP não pode ser responsabilizada, por si só, por nunca ter vencido na Eurovisão, mas sobretudo deveria ter havido um projeto do país com parceiros estratégicos".

Para o compositor e músico, o ano em que estivemos mais perto de ganhar foi em 1971: teve-se a noção que a Eurovisão era um negócio. Jogou-se tudo... ate tenho versões da 'Menina' em finlandês!" Como eu escrevi na altura, estávamos a contar com um dos três primeiros lugares [alcançou-se o 9.º, o melhor até então] , mas provavelmente com o grande horror para a RTP, que se via já a ter de organizar uma coisa daquelas no ano seguinte". Nazareth Fernandes não poupa a RTP: "Nuca houve uma vontade explicita da RTP em se meter a fundo no assunto".

Jaime Fernandes terminou o programa, referindo o aumento exponencial de telespectadores na edição de 2016, que contou com a presença de Justin Timberlake como convidado especial. Sinal de que a organizarão pretende "dinamizar a participação dos seus membros e estimular a criatividade dos autores e das canções a concurso. Segundo o mesmo, o RTP não deve desistir do concurso, aliás, deve empenhar-se em acompanhar as novas tendências, apresentando-se com ideias renovadas e dignas de competir com os melhores".

Fonte/Imagem: ESCPortugal.com
10/07/2016


Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.