O Regresso da Dona Gertrudes: Nono texto - 'Love In Rewind' de Dino Merlin


A letra de que vos venho falar esta semana não é muito óbvia. Pelo menos não tanto quanto algumas de que já tenho falado aqui. A canção é a da Bósnia de 2012 e, confesso que quando vim o senhor que a ia cantar fiquei com esperanças. Finalmente alguém decidiu dar voz a um senhor que não tem 20 anos e com experiência no mundo da música. Não é comum acontecer mas enganei-me. “Love In Rewind” tem uma das letras mais… nem sei como descrever portanto passemos à análise da mesma.


"One to a hundred multiplied by you
It all looks great, it all looks cool 
Healthy children go to school 
My daughter’s in love, my son loves, too 
Oh, on the surface, oh in the distance
It’s all the same 
Oh, in the darkness, oh don't you notice
What a different game 

If you take this life from me today 
Tear it up and bury me away 
You'll just find two, three songs of mine 
Hundred worries of mine
Your love, your love in rewind 
You'll just find two, three songs of mine 
Hundred worries of mine 
And all your love in rewind

(Sito)

One to a hundred multiplied by two 
It's less about me, it's less about you 
We keep on running from certainty 
But don't know where to run from reality

If you take this life from me today 
Tear it up and bury me away 
You'll just find two, three songs of mine 
Hundred worries of mine 
Your love, your love in rewind 
You'll just find two, three songs of mine 
Hundred worries of mine
And all your love in rewind

Kad se moj život malo prosije 
Pa na vrhu ostane najkrupnije"

“One to a hundred multiplied by you”. Eu já saí da escola há muitos anos e com tanta revolução que se tem dado na educação em Portugal é bem provável que haja multiplicações estranhas hoje em dia, mas multiplicar por “tu” é coisa de nunca ouvi falar. O melhor é que o resultado da conta não nos é apresentado no texto – um ultraje! Já que me apresentam fórmulas matemáticas nova convém que me apresentem também a solução! Não há problema, “it all looks great, it all looks cool”. É preciso é que se saiba que a solução é “menos sobre mim e menos sobre ti”, isso é que é importante.


A parte que me preocupa verdadeiramente é que vem a seguir, aquela que se refere às crianças. Crianças saudáveis a irem para a escola, os filhos apaixonados e blá blá blá. A minha questão é: como é que ele sabe que as crianças saudáveis vão para a escola? Pode supor e seria uma suposição lógica, o que é pouco lógico é meter isso numa canção. A minha teoria pode parecer-vos um pouco radical mas alguém que está a observar crianças a irem para a escola só pode ser uma coisa. Não vou dizer o que estou a pensar porque não quero estar aqui a faltar ao respeito a ninguém mas deixo as conclusões para quem as quiser tirar.


Menos sobre a música, mas há um outro aspeto desta proposta da Bósnia que eu me vejo obrigada a referir: a coreografia. Honestamente, quem é que achou que seria engraçado arranjar uma coreografia para esta música? Já não chegam os fatos de palhaço de todos os elementos em palco, ainda se lembram de os pôr aos saltinhos em determinadas partes da música? Se só os figurinos já eram ridículos, assim tudo se tornou ainda pior. É incrível como na Eurovisão se consegue tornar sempre tudo pior.

07/08/2016
Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.