ESC 2017: revelados mais pormenores


Oleksiy Reznikov, presidente da câmara de Kiev, revelou alguns dos planos da autarquia para a organização do Eurovision 2017.

Primeiro que tudo foi explicado o porquê do Sports Palace ter sido rejeitado pela EBU. Além das fracas condições para acolher todos os meios tecnológicos necessários à realização do evento, o campeonato mundial de hóquei irá decorrer nesse mesmo local pelo que seria impossível realizar o ESC no mesmo. Sendo assim, o International Exhibition Centre parece reunir todas as qualidades para receber o ESC 2017. Ao todo haverá lugar para cerca de 10 mil pessoas (2 mil desta de pé e 8 mil sentadas). A área à volta do edifício será totalmente renovada e as obras começarão assim que a EBU o decidir.

Quanto a bilhetes, Oleksiy Reznikov disse que é a EBU que estipula os preços e por isso não é de esperar uma descida destes. A praça Troitska é a sua sugestão para construir a Eurovision Village. Haverá cerca de 50 autocarros destinados somente ao transporte de pessoal envolvido diretamente na Eurovisão em maio e também aos fãs para que possam evitar o trânsito. 

Fonte/Imagem: oikotimes
26/09/2016

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.