ESC 2017: lista negra não será removida


A lista negra de artistas russos não será removida no Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2017. Quem garante estas palavras é o diretor-geral da emissora ucraniana.

Oleksandr Kharebin, diretor-geral da emissora ucraniana reafirmou para aos orgãos de comunicação social da Ucrânia que a "lista permanecerá no lugar", tendo assim desmentido as negociações entre a NTU, a EBU/UER e o Governo.

Além disso, acrescenta que, caso a Rússia seleccione um artista dessa lista, não deixará que a delegação entre no país - provocando, então, uma retirada do país do concurso e/ou uma tomada de posição por parte do organismo máximo do evento, a União Europeia de Radiodifusão.

Apesar destas afirmações, a EBU já veio a público pronunciar-se: "Estamos em conversações com Kiev para que todos os artistas russos da lista possam vir e ficar no país durante as semanas da Eurovisão. A Eurovisão permanecerá, tal como nos anos anteriores, como um evento para todos. Esperamos que a Ucrânia respeite os direitos e a liberdade de todos os artistas que participam no evento."

Recordamos que o ESC 2017 irá acontecer nos dias 9, 11 e 13 de maio de 2017.

Recorde a vencedora do ESC 2016:


Fonte/Imagem: escportugal.pt/Video: Eurovision Song Contest
08/12/2016

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.