ESC 2017: EBU confirma o adiamento da venda dos bilhetes


A pedido da Comissão Anti-Monopólio da Ucrânia, a EBU viu-se forçada a adiar venda de bilhetes para o Festival Eurovisão da Canção 2017. Jon Ola Sand garantiu "estar desapontado com o atraso".

Pavlo Hrytsak, da emissora ucraniana, lamentou a situação: "Temos outras soluções e queremos começar a vender os bilhetes o mais rápido possível. Essa questão está a ser tratada com a EBU/UER e não tomaremos qualquer decisão sem a sua coordenação". Além disso, Pavlo garante que a emissora vai fazer todos os esforços para que os bilhetes fiquem disponíveis ainda em fevereiro.

Por sua vez, Jon Ola Sand, supervisor executivo do evento, lamentou a situação: "Confesso que estou desapontado com o atraso na venda dos bilhetes, mas estamos a trabalhar com a emissora para resolver a situação. (...) A EBU reconhece que qualquer processo tem de ser transparente e justo e esperamos que tal situação se resolva o mais rapidamente possível".

Relembramos que o Festival Eurovisão da Canção irá realizar-se a 9, 11 e 13 de Maio, na capital da Ucrânia, Kiev.

Fonte/Imagem: esctoday

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.