França: "Requiem" de Alma viola regras impostas pela EBU


France Televisions, emissora francesa, anunciou que Alma será a representante francesa com a música "Requiem". No entanto, a sua proposta viola uma regra do certame europeu.

A emissora declarou que, após uma competitiva selecção, o comité ficou apaixonado por Alma, que está bastante entusiasmada com a sua participação. Porém, o seu tema "Requiem" foi interpretado ao vivo em janeiro de 2015, dezoito meses antes do prazo limite imposto pela European Broadcasting Union (EBU). Segundo as regras do Festival Eurovisão da Canção, "a composição não deve ser lançada comercialmente antes de 1 de setembro de 2016. Em caso da mesma ter sido disponibilizada ao público (plataforma de vídeo, rede social,...) a emissora deve informar o supervisor executivo do concurso, que decidirá se a candidatura é elegível para participar no evento". Em particular, "O Supervisor avaliará se a divulgação prévia é susceptível de conferir vantagem à candidatura no concurso (...) autorizando ou negando a sua participação, com a aprovação prévia do Grupo de Referência".

A denúncia foi dada através de um vídeo na plataforma Youtube.com que contém imagens desse mesmo concerto. Até ao momento a EBU nem a France Televisions reagiram à polémica, mas espera-se que a mesma não seja banida porque o vídeo em questão tinha 200 visualizações.

A França estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 1956 e já ganhou cinco vezes: em 1958, com André Claveau e a canção "Dors, mon amour", em 1960, com Jacqueline Boyer e a canção "Tom Pillibi", em 1962, com Isabelle Aubret e a canção "Un premier amour", em 1969, com Frida Boccara e a canção "Un jour, un enfant", e em 1977, com Marie Myriam e a canção "L'oiseau et l'enfant". Em 2016 o país foi representado por Amir e a canção " J'ai cherché", alcançando o 6º lugar na final com um total de 257 pontos.

Ouça "Requiem":


Fonte: escportugal.pt/Imagem: wiwibloggs.com/Vídeo: Alma Officiel

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.