E Foi Por Pouco... 5 - Lisa Garden, Brooke Borg, Jasmine Kara, Szabó Ádám e Helene Nissen



LISA GARDEN - "WITHOUT YOU"
5º lugar na 1ª semifinal do Festival da Canção 2017

Música: Nesta música encontramos uma junção de  R&B, Trip Hop e Soul, que já faz parte da vida musical de Lisa, e não lhe é desconhecido. Não é por menos que, a sua voz combinou de excelente forma. Foi também a primeira música de sempre cantada por completo em inglês no Festival da Canção, assinalando assim um marco histórico na competição.

Apresentação: Foi algo bastante diferente do que é habitual ver no Festival da Canção, Lisa chamou a atenção, dançou e divertiu com os seus dois dançarinos, que conjugou na perfeição com a música, estilo e visual, não passando, de todo, despercebida.

Comparação com os apurados: Lisa merecia sem dúvida um lugar na final, por ser tão diferente dos apurados. Ao contrário da balada e apresentação parada, toda a atuação nada tinha a ver, era mexida e divertida, pelo que, era merecido mais do que apenas um 5º lugar.

Pontuação: 7 pontos

            





BROOKE BORG - "UNSTOPPABLE"
4 lugar no MESC 2017

Música: Ao que parece uma simples balada, Unstoppable vai crescendo e acaba por se tornar numa canção bastante diferente pela forma que cresce, com as diferentes melodias que soa em toda a música, estando bastante bem construída, não se tornando de forma alguma monótona.

Apresentação: Poderosa. Já é hábito ser a palavra para descrever as divas de Malta e sem dúvida, Brooke não é exceção. O visual é mais do que complementar à música e a toda a atuação, um sóbrio glamoroso. Quanto à voz da cantora em sim, é difícil discordar do fato de Brooke ser impecável na interpretação da canção, não falhando praticamente nada.

Comparação com a vencedora: Claudia Faniello tem uma belíssima balada, mas no leque eurovisivo, provavelmente não se irá destacar tanto quanto Brooke poderia coma esta canção bastante poderosa e seria uma excelente sucessora a Ira Losco.

Pontuação: 8 pontos 





JASMINE KARA - "GRAVITY"
6º lugar na 3ª semifinal do Melodifestivalen 2017

Música: Não entendemos como isto ficou na semifinal. Ao menos, teria ficado retida no Andra Chansen. "Gravity" é uma música moderna, super cativante e orelha, e com uma batida capaz de fazer dançar. Se tivesse levado por outra cantora mais conhecida seria, com todas as certezas, uma candidata clara à vitória. Esperemos que Jasmine Kara, que divulgou mais a sua música este ano, volte com toda a força no Melodifestivalen 2017.

Apresentação: Uma apresentação genial com imensos efeitos visuais que fizerem, de certeza, enaltecer a atuação. Além disso, Jasmine tem uma voz limpa, e até demasiado afinada, e a sua energia em palco é totalmente cativante. Parabéns!

Comparação com os apurados: 
Apesar da vivacidade de Owe Thornqvist, Jasmine Kara devia ter ocupado o seu lugar na final, era o mínimo. Já para nem falar de Anton Hagman e FO&0...

Pontuação: 10 pontos
                 




SZABÓ ÁDÁM - "TOGETHER"
Semifinalista do A Dal 2017

Música: "Together" é uma música bastante audível, orelhuda, com um refrão repetitivo mas que é capaz de pôr os fãs a cantarem passados 2 minutos. Já é habitual a Hungria apresentar músicas com tamanha qualidade!

Apresentação: Szabó Ádam já habitou os fãs eurovisivos com atuações cheias de forças, intensas e com muitos adereços em palco. Esta, apesar de ser mais estática, não foi diferente. Na semifinal notava-se claramente que o artista estava doente, afectando assim as suas cordas vocais. Mas, em bom estado de saúde, era uma atuação vencedora.

Comparação com a vencedora: É díficil comparar uma atuação vencedora demasiado técnica com um "Together" comercial e radiofriendly. Talvez "Together" conseguisse ter uma melhor classificação na Eurovisão, pensamos nós. Pelo menos, tem uma letra e uma mensagem bastante fortes.

Pontuação: 7 pontos

           




HELENE NISSEN - "WILDFIRE"
3º lugar no Unser Song 2017

Música: Música animada, com um crescendo bastante notório, e com um ligeiro toque do estilo country que consegue cativar o público.


Apresentação: A apresentação é um dos pontos que deve ser trabalhada, com um tema tão animado, é fácil verificar a falta de bailarinos e de mais movimentos que complementariam e dariam outra vida à interpretação. Contudo, podemos dizer que a intérprete apresenta um registo vocal bastante diferente dos restantes concorrentes, o que faria com que esta se pudesse destacar no palco eurovisivo.

Comparação com a vencedora: É impossível ouvir o tema da Alemanha e não pensar no tema da Sia ‘Titanium’. Contudo, no nosso ponto de vista, o tema interpretado por Helene consegue ser mais cativante do que ‘Perfect Life’.

Pontuação: 8 pontos

         

Vídeos: RTP,  Eurovisionfest, Melodifestivalen, A Dal 2017 e  Matthias Lindemann

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.