Apreciações Musicais - ESC 2017: Alemanha





LEVINA - "PERFECT LIFE"



André Sousa: Não sei se a Alemanha merece que eu comente uma música que eu considero que é um plágio descarado de “Titanium”. É muito triste estas coisas serem permitidas na Eurovisão…

Andreia Valente: A música deste ano é mais uma prova que a fórmula de seleção nacional da Alemanha tem de ser agressivamente repensada. Quando limitam os vossos interpretes a uma composição fraquíssima, o resultado só pode ser fraquíssimo. Torna-se cómico que ninguém se lembrou de dizer “Sabem que toda a gente conhece a Sia, certo?”.

Catarina Gouveia: Em 2015 e 2016 a Alemanha ficou em último injustamente. Este ano, isso deve repetir-se, mas desta vez será justo. “Perfect Life” grita por “já desistimos desta treta, vamos lixar-nos para isto e mandar o pior que encontrarmos”. Acabei de a ouvir e já nem me lembro dela!

Daniel Fidalgo: Semelhanças com “Titanium” de David Guetta serão uma mera coincidência… apesar de tudo, não desgosto da simplicidade.  

Diogo Canudo: Eu não consigo dizer que o instrumental é muito bom quando considero isto uma cópia barata de “Titanium” de David Guetta e Sia. Esta última é perfeita, muito bem construída, com um instrumental pujante. “Perfect Life” é uma imitação barata, rasca, que ninguém devia dar importância. Originalidade, onde andas?

Elizabete Cruz: Basta a música começar com um plágio descarado e o resto já está estragado. Felizmente o resto não é tão bom assim, então ninguém quer saber.

Jessica Mendes: O início desta música não me recorda absolutamente nenhum de um certo DJ francês. Nenhuma mesmo. Não tem nada a ver.

Joana Raimundo: A Alemanha já desistiu disto não já? 

Neuza Ferreira: É agradável, mas, sinceramente, não me cativa. É só mais um instrumental que eventualmente acabará esquecido.


André Sousa: Gosto da Levina, ela tem uma excelente voz. É uma pena interpretar uma canção plagiada.

Andreia Valente: Levina consegue dar um pouco de brilho a uma canção que, na sua base, falta muita qualidade e passará facilmente despercebida.

Catarina Gouveia: A voz de Levina contribui para que a música não seja minimamente memorável. É constante, dá sono, aborrece!

Daniel Fidalgo: Levina possui uma extensão vocal limitada, mas usa o seu aparelho vocal com técnica. Possui um timbre bastante agradável 

Diogo Canudo: O que salva esta proposta é mesmo a Levina. Canta tão bem, não desafina, transmite emoção… Tenho pena que estes talentos sejam desapraveitados com estas músicas…

Elizabete Cruz: Pena a música ser uma porcaria, porque Levina tem uma voz bastante decente. Podiam dar uma coisa melhor à mulher.

Jessica Mendes: Apesar de alguns problemas nas notas mais altas, Levina tem uma voz bastante agradável e merecia qualquer coisinha que não fosse um plágio barato.

Joana Raimundo: Acho a voz interessante e confesso que não desgosto, só que está péssima para o estilo. 

Neuza Ferreira: Em estúdio até que nem é má, mas ao vivo não tem nada de especial. Muito fraca.


André Sousa: Notou-se logo que a Levina era a melhor concorrente na Alemanha. Porém é uma pena a música que lhe calhou na rifa. É bastante carismática e simpática para a audiência. Excelente escolha!

Andreia Valente: Levina teve uma boa presença em palco na seleção nacional mas que não chegará para encher o palco de Kiev. 

Catarina Gouveia: Deverá ser uma performance simples, com aquelas luzes engraçadas como fundo. Nem precisam de gastar dinheiro em mais nada, não há nada que salve esta canção, nem que a rapariga apareça vestida de palhaço assassino.

Daniel Fidalgo: A melhorar e muito, se a Alemanha quiser fugir ao temido “Bottom 5”.

Diogo Canudo: É preciso um pouco mais de imaginação em palco. Levina é simpática e bonita para as câmaras, mas isso não chega para uma música tão banal como “Perfect Life” é.

Elizabete Cruz: Levina tem uma presença simpática mas tem tudo para ser outra Ann Sophie.

Jessica Mendes: Por mim é fazerem o que fizeram na final nacional. Quando se tem uma música tão boa não é preciso mais nada para alcançar os bons resultados os últimos dois anos. 

Joana Raimundo: Penso que vai sair uma coisa muito fraquinha, a cantora não tem carisma nenhuma e é um pouco constrangedora até. 

Neuza Ferreira: Todos os elementos se encontram muito bem organizados; é algo bastante bonito de se ver.


André Sousa: Mais uma música carregada de clichés. Inovação, pede-se e exige-se! 

Andreia Valente: Por mais fraco que seja o instrumental, a letra consegue ser o pior aspeto desta canção. Parece que a equipa alemã juntou frases soltas de um brainstorming e o resultado foi uma balbúrdia sem sentido nenhum.

Catarina Gouveia: Viver um dia de cada vez, não ser pecador nem santo, cair e levantar. Isto é a vida perfeita de Levina. E eu a pensar que uma vida perfeita significaria ser milionária e ter casa de férias nas ilhas gregas…

Daniel Fidalgo: Sonhadora e esperançosa. Gosto da letra. É algo que se destaca neste tema relativamente pobre. 

Diogo Canudo: Mais uma que conta os obstáculos da vida, que não podemos ter medo da vida, que depois de errar primeiro para depois as coisas darem certo… Já ouvi isto quantas vezes na Eurovisão? 

Elizabete Cruz: Leio esta letra e só consigo pensar que é mesmo sem interesse.

Jessica Mendes: A rapariga diz que anda enquanto dorme, sonha quando está acordada, as coisas correm mal primeiro e depois correm bem e chama a isto uma vida perfeita. Amiga, vida perfeita era acordar de manhã e ter um bilhete premiado do euromilhões na minha mesa-de-cabeceira. 

Joana Raimundo: Bastante genérica, sem muito que se lhe diga. 

Neuza Ferreira: É aborrecida. Podiam ter feito bem melhor.


André Sousa:  Bottom 5.

Andreia Valente: Um dos últimos cinco  lugares da final está reservado com o nome da Alemanha. Se não passassem diretamente à final iriam mais cedo para o país das salsichas. 

Catarina Gouveia: A Alemanha muito gosta de ocupar os últimos lugares. Assim será, outra vez.

Daniel Fidalgo: Dificilmente conseguirá escapar ao “Bottom 5”. 

Diogo Canudo: Qual é a dúvida que vai ficar nos últimos lugares?

Elizabete Cruz: Alemanha, doutorada em últimos lugares.

Jessica Mendes: A Alemanha apoderou-se do último lugar e não o quer deixar por nada.

Joana Raimundo: Não te escapas dos null outra vez. 

Neuza Ferreira: Fim da tabela.


André Sousa: 4 pontos.

Andreia Valente: 3 pontos.

Catarina Gouveia: 2 pontos.

Daniel Fidalgo: 5 pontos.

Diogo Canudo: 3 pontos.

Elizabete Cruz: 2 pontos.

Jessica Mendes: 1 ponto.

Joana Raimundo: 2 pontos.

Neuza Ferreira: 5 pontos.

Total: 27 pontos.


André Sousa: Levina, és uma excelente cantora com uma música péssima!

Andreia Valente: “You shout it loud… but I can’t hear a word you say!”

Catarina Gouveia: Mais um festival, mais uma candidatura ao último lugar da final!

Daniel Fidalgo: “I´m titaaaaaniiiium”

Diogo Canudo: A vida de Levina seria ainda mais perfeita se levasse uma música original para a Eurovisão.

Elizabete Cruz: “I've been walking asleep, dreaming awake”… eis o que a Alemanha anda a fazer na Eurovisão.

Jessica Mendes: Plágio: ato ou efeito de copiar; imitação ou cópia fraudulenta (Priberam).

Joana Raimundo: A Alemanha não tem medo de ocupar o último lugar.

Neuza Ferreira: A Alemanha a desiludir mais um ano. 


1.º Azerbaijão - 77 pontos; 2.º Portugal - 77 pontos; 3.º Bulgária - 75 pontos; 4.º Sérvia - 71 pontos; 5.º Dinamarca - 70 pontos; 6.º Finlândia - 68 pontos; 7.º Israel - 66 pontos; 8.º Polónia - 65 pontos; 9.º Suécia - 65 pontos; 10.º Hungria - 64 pontos; 11.º Bélgica - 63 pontos; 12.º Arménia - 60 pontos; 13.º Austrália - 60 pontos; 14.º Islândia - 59 pontos; 15.º Holanda - 58 pontos; 16.º Suíça - 57 pontos; 17.º Albânia - 56 pontos; 18.º Macedónia - 56 pontos; 19.º Estónia - 55 pontos; 20.º Bielorrússia - 54 pontos; 21.º Áustria - 49 pontos; 22 Geórgia - 46 pontos; 23 Moldávia - 45 pontos; 24.º Montenegro - 41 pontos; 25.º Noruega - 38 pontos; 26.º Rússia - 37 pontos; 27.º Grécia - 37 pontos; 28.º Irlanda - 33 pontos; 29.º Chipre - 32 pontos; 30.º República Checa - 30 pontos; 31.º Letónia - 29 pontos;  32.º Roménia - 27 pontos; 33.º Alemanha - 27 pontos; 34.º Malta - 23 pontos; 35.º Croácia - 22 pontos; 36.º São Marino - 18 pontos; 37.º Eslovénia - 14 pontos; 38.º Lituânia - 14 pontos.

Vídeo: Eurovision Song Contest

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.