ESC 2017: Rússia e Ucrânia serão sancionadas


Frank-Dieter Freiling, chefe do Grupo de Referência do Festival Eurovisão, afirmou que tanto Rússia como Ucrânia serão sancionadas pelas atitudes tomadas no Festival Eurovisão da Canção 2017.

"A UA:PBC e o primeiro ministro ucraniano comprometeram-se a permitir que todos os membros da EBU/UER participassem no concurso; ao não permitir que a Rússia participasse, violaram os estatutos da competição", afirmou Freiling para o caso da Ucrânia, completando que a Rússia será também castigada por "não ter participado nas reuniões obrigatórias da edição deste ano".

A decisão sobre as sanções aplicadas aos dois países será tomada a 12 de Junho e pode ir desde uma multa até ao banimento dos países durante três anos, sendo esta a sanção máxima prevista pelos estatutos da organização.

Sobre as acusações feitas à canção ucraniana "1944", Freiling afirma que a mesma foi discutida e analisada antes de ser aprovada e que o grupo concluiu que a mesma não se tratava de uma música política mas sim de uma música que se baseia no princípio da liberdade de expressão e de arte.

Fonte/Imagem: ESCPortugal

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.