Portugal: conheça como os média internacionais destacaram a vitória de Salvador Sobral


O maior festival de música do mundo já terminou e está a ser massivamente alvo de muita cobertura na imprensa internacional, após a vitória de Salvador Sobral, representante português.

Muitos média internacionais destacaram a vitória de Portugal no Festival Eurovisão da Canção 2017. O jornal Mirror, Rai News e Telegraph deram importância aos pontos que o país recebeu no concurso, considerado esse um recorde, mas sem nunca esquecer que existiam outros países como a Itália e a Suécia na corrida também pelo título. Já o Ouest France preparou uma fotogaleria especial dedicada à noite da grande final do concurso e o DailyMail um vídeo de celebração.

A Billboard destaca que "a sua vitória vence a fórmula tradicional da Eurovisão de 'mais-é-mais' e marca um novo passo, longe do pop plástico, radio-friendly que chegou a dominar o concurso, cujos vencedores passados incluem ABBA e Celine Dion.

O The Sun vira a cobertura da vitória e escreve um artigo a dar a conhecer quem é o Salvador Sobral e como começou o seu percurso na música. Na mesma vertente, o El País põe em relevo que é um vencedor de jazz que odiava a Eurovisão, não vê televisão e que considera o futebol como uma forma de arte.

A CNN, além de dar os parabéns a Portugal, desenvolve um artigo a falar dos incidentes que aconteceram este ano e de que forma se procedeu ao conflito da Ucrânia-Rússia.

Para o Festival Eurovisão da Canção 2018, já estão 12 países confirmados:  Bélgica, Bulgária, Chipre, Espanha, Estónia, Grécia, Lituânia, Noruega, Portugal, Rússia e Suécia.

Leia as notícias [AQUI][AQUI][AQUI][AQUI][AQUI][AQUI][AQUI][AQUI] e [AQUI].

Fonte: DailyMail, The Sun, CNN, Mirror, El País, Rai News, Telegraph e Ouest France/Imagem: VIP








Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.