ESC 2018: EBU terá uma maior participação na organização do festival

European Broadcasting Union (EBU) decidiu que terá uma maior participação e poder de decisão na organização do Festival Eurovisão da Canção 2018.

A decisão de maior envolvimento por parte da EBU resultou dos percalços na organização da Eurovisão em 2017. Para além dos problemas na escolha da cidade que iria albergar o festival, a situação em que as autoridades ucranianas baniram a representante russa, impossibilitando a entrada de Julia Samoylova no país, impulsionou a EBU a estar mais envolvida nas organizações futuras.

O chefe do Grupo de Referência da EBU, Frank-Dieter Freiling, afirmou que não deve ser alterado o acordo de organizar o festival aquando o país vence o concurso e, como explicação desta decisão, acrescentou: "é uma consequência deste Festival Eurovisão da Canção: a EBU estará mais envolvida nas preparações para a Eurovisão".

Freiling afirmou que quer ver um concurso público entre as cidades portuguesas para a selecção da cidade anfitriã do Festival Eurovisão da Canção 2018, embora Lisboa pareça a cidade mais provável.

Fonte: escportugal



Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.