Featured Slide

5/slideshow/custom

ESC 2020: Ucrânia confirma participação

por setembro 21, 2019

Depois de ter ficado de fora da edição de 2019 do Festival Eurovisão da Canção (ESC), a emissora da Ucrânia confirmou o regresso do país em 2020.

Após um ano de ausência no Festival Eurovisão da Canção (ESC), a emissora estatal da Ucrânia, Natsionalna Suspilna Teleradiokompaniya Ukrayiny (UA:PBC), revelou que o país vai marcar presença na edição de 2020.

A emissora não divulgou qualquer detalhe sobre o processo de seleção para 2020, contudo é expectável que opte por selecionar o seu representante através do Vidbir, habitual seleção do país para o certame.


A Ucrânia participa no Festival Eurovisão da Canção desde a edição de 2003. Com duas vitórias no bolso (2004 e 2016), o país é dos únicos que, nas edições em que participa, nunca falhou uma final. Na sua última participação, em 2018, na cidade de Lisboa, o país foi representado pelo cantor MELOVIN, com a canção "Under the ladder", tendo alcançado o 17.º lugar da grande final, com 130 pontos.

Fonte: ESC Today

JESC 2019: Elizaveta Misnikova e "Pepelniy" representam a Bielorrússia

por setembro 21, 2019

Elizaveta Misnikova é a grande vencedora da seleção da Bielorrússia para o Festival Eurovisão da Canção Júnior (JESC) 2019 e vai representar o país na Polónia.

Em competição na final nacional da Bielorrússia para a edição de 2019 do Festival Eurovisão da Canção Júnior (JESC) estavam dez jovens artistas, mas apenas Elizaveta Misnikova e o tema "Pepelniy" alcançaram a vitória e, consequentemente, o direito de representar o país no certame infantojuvenil.

Aceda aos resultados completos:

1.º Elizaveta Misnikova – "Pepelniy" (20 pontos)

2.º Mariya Yermakova – "VETRA" (18 pontos)
3.º lugar Monkey Tops – "Posmotri na nas" (17 pontos)
4.º Sofiya Rustamova – "Skazhi mne" (11 pontos)
5.º Arina Pekhtereva – "Never Again" (10 pontos)
6.º Anastasiya Zhabko – "Poymi menya" (9 pontos)
7.º Mariya Zhilina – "Slyavala, gukala, chakala" (9 pontos)
8.º Sofiya Khrolovich – "Dabay tantsuy" (9 pontos)
9.º Kseniya Galetskaya – "A Better World" (7 pontos)
10.º Zefir – "Luchshie i pervyye" (6 pontos)

Ouça "Pepelniy":




A Bielorrússia estreou-se no Festival Eurovisão da Canção Júnior em 2003 e já venceu o concurso duas vezes: 2005 e 2007. Em 2018, o país foi representado por Daniel Yastremski e a canção "Time", alcançando o 11.º lugar com um total de 114 pontos.

Fonte e Imagem: Eurovoix/Vídeo: Евровидение Беларусь

Espanha: 'Operación Triunfo' deixa de ser o método de seleção para a Eurovisão

por setembro 18, 2019

Os primeiros detalhes sobre o método de seleção espanhol para a Eurovisão 2020 confirmam que a 'Operación Triunfo' deixará de ser a plataforma de seleção do artista e canção representantes do país!

Em entrevista, o diretor de conteúdos da RTVE, Fernando Lopéz Puig, adiantou que a edição de 2019 do concurso de talentos Operación Triunfo já não vai ser responsável pela escolha do próximo representante de Espanha no Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2020. O país vai agora avaliar se retoma as finais nacionais, processo que aconteceu em 2016 e 2017, ou se seleciona de forma interna.

Essa é, no entanto, a hipótese mais apontada pela emissora espanhola. O país pretende levar um "rosto conhecido" até ao palco da Eurovisão, pretendendo deixar na responsabilidade do canal a seleção do próximo artista a pisar o palco do Festival.

A Espanha estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 1961 e já ganhou duas vezes: em 1968, com Massiel e a canção "La, la, la”, e em 1969, com Salomé e a canção "Vivo cantando". Em 2019, o país foi representado por Miki e o tema “La Venda”, alcançando o 22.º lugar na final com um total de 54 pontos.

Fonte: Eurovoix e RTVE/ Imagem: zimbio

País de Gales: conheça os finalistas do Chwilio am Seren

por setembro 17, 2019

Já são conhecidos os seis finalistas da seleção do País de Gales para a edição de 2019 do Festival Eurovisão da Canção Júnior (JESC).

Em competição na semifinal da edição deste ano do Chwilio am Seren, seleção do País de Gales para o Festival Eurovisão da Canção Júnior (JESC) 2019, estavam 12 jovens artistas, mas apenas seis avançaram para Grande Final. São eles: 

Sophia
Cerys
Erin
Y Minis
Carys
Mackenzie & Rhiannon

A Grande Final do Chwilio am Seren 2019 está agendada para o dia 24 de setembro e terá lugar no Venue Cymru, centro de conferências em Llandudno.

O País de Gales estreou-se no Festival Eurovisão da Canção Júnior em 2018 com a canção "Perta", interpretada por Manw, tendo ficado em último lugar, com um total de apenas 29 pontos. 

Fonte e Imagem: ESCXTRA

Rússia: 11 jovens na corrida para representar o país no JESC 2019

por setembro 17, 2019

Já são conhecidos os jovens que estão na corrida para representar a Rússia no Festival Eurovisão da Canção Júnior (JESC) 2019. O representante será selecionado a 24 de setembro.

Os responsáveis pela participação da Rússia na edição de 2019 do Festival Eurovisão da Canção Júnior (JESC) já revelaram a lista dos jovens artistas na corrida para representar o país no certame infantojuvenil. São eles:

Daniil Khachaturov
Tatyana Mezhentsena & Oorzhak Denberel
Mikhail Naginskiy
Like Teens
Alisa Pritochkina
Mariya Mirova
Yuliya Solnyshkova
Nikita Moroz
Kseniya Kushner
Margarita Stryukova
Maryana Titova

A final nacional está marcada para o dia 24 de setembro e vai decorrer em Moscovo, capital da Rússia.


A Rússia estreou-se no Festival Eurovisão da Canção Júnior em 2005 e já venceu duas vezes: em 2006 com as Tolmachevy Sisters e a canção "Vesenniy Jazz" e em 2017 quando Polina Bogusevich representou o país com o tema "Wings". Em 2018, o país foi representado por Anna Filipchuk e a canção "Unbreakable", alcançando o 10.º lugar com 122 pontos.

Fonte: Eurovoix/Imagem: JuniorEurovision.tv

Suécia: recebidas 2545 canções para o Melodifestivalen 2020

por setembro 16, 2019

A SVT, emissora da Suécia, revelou ter recebido 2545 temas para o Melodifestivalen 2020.

O prazo para submissão de canções para a edição de 2020 do Melodifestivalen fechou dia 13 de setembro e emissora estatal da Suécia, Sveriges Television (SVT), registou um total de 2545 temas, mais 250 do que no ano passado.

Um júri profissional está agora encarregue de selecionar as melhores canções para competirem no certame sueco; a essas juntar-se-ão as canções provenientes de convites da SVT e ainda a canção de Amanda Aasa, artista selecionada através do concurso P4 Nästa.


A Suécia participou na competição pela primeira vez em 1958, sendo atualmente o país com mais sucesso no concurso deste século, com maior número de presenças na tabela dos primeiros dez classificados. No que toca a vitórias, atualmente, só a Irlanda consegue ter maior número de vitórias do que a Suécia, sendo que este último soma até agora seis vitórias (1974, 1984, 1991, 1999, 2012 e 2015. Na edição de 2019, em Telavive, o país nórdico foi representado por John Lundvik, com a canção "Too Late For Love" e alcançou na final, um quinto lugar, com um total de 334 pontos.

Reveja "Too Late For Love":



Fonte: ESCXTRA/Imagem e Vídeo: Eurovision.tv
Com tecnologia do Blogger.