Featured Slide

5/slideshow/custom

Áustria: canção para o ESC 2019 será revelada a 8 de março

por fevereiro 20, 2019

A ORF, emissora austriaca, anunciou que "Limits", canção que PÆNDA vai defender no Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2019, será lançada no dia 8 de março.

A Österreichischer Rundfunk (ORF), emissora estatal da Áustria, anunciou que vai lançar a sua canção para o Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2019 numa conferência de imprensa no dia 8 de março. PÆNDA, artista que vai dar voz ao tema no palco eurovisivo, já terá gravado o videoclip.

A Áustria estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 1957 e já ganhou duas vezes: em 1966, com Udo Jürgens e a canção "Mérci, Chérie", e em 2014, com Conchita Wurst e a canção "Rise Like a Phoenix", que alcançou um total de 290 pontos. Em 2018, o país foi representado por César Sampson e a canção "Nobody But You", alcançando o 3.º lugar na final com um total de 342 pontos.

Reveja "Nobody But You":


Fonte: Eurovoix/Vídeo: Eurovision.tv

Bielorrússia: país pondera acabar com final nacional em 2020

por fevereiro 19, 2019

A Bielorrússia planeia alterar a forma como seleciona o seu representante para o Festival Eurovisão da Canção (ESC). 2019 poderá ser o último ano em que a emissora utiliza o Eurofest.

A Belarusian Television and Radio Company (BTRC), emissora estatal da Bielorrússia, revelou que não está a planear realizar uma final nacional para eleger o seu representante para o Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2020.

Em entrevista ao Sputnik, Ivan Eismont, chefe do departamento de relações públicas da BTRC, afirmou: "Estamos a trabalhar numa série de formatos, mas os planos para o futuro não são a realização de seleções nacionais abertas. Se esta decisão avançar, a partir do próximo ano, o representante da Bielorrússia será selecionado como é feito em muitos países europeus".

Foi ainda revelado que a BTRC poderá estar ponderar a utilização do formato The X Factor, à semelhança do que é feito em Malta.

A Bielorrússia estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 2004 e o seu melhor resultado é um sexto lugar: em 2007, com Dmitry Koldun e a canção "Work Your Magic". Em 2018, o país foi representado por Alekseev e a canção "Forever", alcançando o 16.º lugar na primeira semifinal com um total de 65 pontos.

Reveja "Forever":


Fonte e Imagem: Eurovoix/Vídeo: Eurovision.tv

Moldávia: final do O Melodie Pentru Europa 2019 antecipada

por fevereiro 19, 2019

A emissora da Moldávia, TeleRadio – Moldova, antecipou a final do O Melodie Pentru Europa 2019 para o dia 2 de março, um dia antes do planeado.

A final do O Melodie Pentru Europa 2019, seleção da Moldávia para o Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2019 foi antecipada; a TeleRadio – Moldova, emissora estatal do país, mudou o concurso de 3 de março para 2 de março.

Recorde os artistas em competição:

Anna Odobescu – "Stay"
Aurel Chirtoacă – "La cinema"
Che MD – "Sub Pămînt"
Diana Brescan – "Lies"
Limonique – "GravitTy"
Marcela Scripcaru – "Meteor"
Maxim Zavidia – "I will not surrender"
Siaj – "Olimp"
Tinna Gi – "Virus"
Vera Țurcanu – "Cold"

A Moldávia marca presença consecutiva no concurso europeu desde a edição de 2005, tendo apenas falhado a final em quatro edições. O melhor resultado que conseguiu até ao momento foi um terceiro lugar, na edição de 2017, com a canção "Hey Mamma", dos Sunstroke Project. Na edição de 2018, o país foi representado pelos DoReDos, com a canção "My Lucky Day", tendo conseguido alcançar a final onde atingiram o décimo lugar da classificação final com 209 pontos.

Reveja "My Lucky Day":


Fonte e Imagem: Eurovoix/Vídeo: Eurovision.tv

ESC 2019: revelados preços dos bilhetes da Eurovisão 2019

por fevereiro 19, 2019

Perto de iniciar a primeira fase de venda de ingressos, a emissora nacional israelita KAN já revelou o preçário dos diversos tipos de bilhetes disponíveis. Dentro dos valores apresentados verifica-se um aumento do preço de cada bilhete!

A edição de 2019 do Festival Eurovisão da Canção (ESC) tem tido alguns atrasos, também no processo de venda de bilhetes, que ainda não teve nenhuma data de realização. Contudo, a emissora israelita KAN deverá dar início a uma primeira fase de vendas em breve, sendo que já revelou a tabela de preços para cada tipologia de ingressos disponíveis.

Mas, ao contrário do que pudemos encontrar em Portugal, os preços subiram significativamente. O bilhete mais barato será acima dos 80€, para um ensaio de semifinal, chegando o bilhete mais caro a ascender aos 487€ (!) A pequena capacidade da arena escolhida para o evento (apenas 5.300 bilhetes serão postos à venda), poderá explicar a subida de preços.

Para além disso, a emissora de Israel também justifica a necessidade de aumento de preços dos ingressos com os custos excessivos que o espetáculo irá trazer, sobretudo tendo em mente que o governo do país não ajudou financeiramente a realização do Festival em Telavive.

A tabela de preços dos bilhetes do ESC 2019:

Espetáculos ao vivo:
Lugares na Green Room (VIP): 244€ (semifinais) / 487€ (final)
Prime seats: 304 € (semifinais) / 414€ (final)
Golden Ring (de pé): 280€ (semifinais) / 366€ (final)
Bancadas: 183€ (semifinais) / 280€ (final)
2ª bancadas: 224€ (semifinais) / 329€ (final)

Ensaios:
Prime seats: 244 € (semifinais) / 305€ (final)
Golden Ring (de pé): 219€ (semifinais) / 122€ (final)
Bancadas: 85€ (semifinais) / 280€ (final)
2ª bancadas: 183€ (semifinais) / 244€ (final)

A Eurovisão 2019 terá lugar em Telavive, Israel, com as semifinais agendadas para os dias 14 e 16 de maio, com a grande final a realizar-se a 18 de maio de 2019. Anterior a esses espetáculos, está também a realização dos vários ensaios dos países participantes, que também conta com a presença de público na arena.

Fonte e Imagem: Wiwibloggs

Israel: recebidas cerca de 200 canções para o ESC 2019

por fevereiro 18, 2019

O jornal Israel Hayom avança que foram recebidas cerca de 200 canções para representar o país no Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2019.

O período de submissão de canções para representar Israel no Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2019 fechou ontem e o jornal Israel Hayom afirma que foram recebidas cerca de 200. Um painel de jurados, formado por Aviad Zingboym, Yuval Ganor, Naama Hadassi e Michal Asulin, Yoav Tzafir e Tamira Yardeni, é responsável por eleger o tema que Kobi Merimi, vencedor da seleção de Israel, irá defender no palco eurovisivo.

Israel estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 1973 e já ganhou quatro vezes: em 1978, com Izhar Cohen & the Alphabeta e a canção "A-Ba-Ni-Bi", em 1979, com Gali Atari & Milk and Honey e a canção "Hallellujah", e em 1998, com Dana International e a canção "Diva", e em 2018, com Netta Barzilai e a canção "Toy".

Reveja "Toy":



Fonte e Imagem: Eurovoix/Vídeo: Eurovision.tv

Macedónia: canção para o ESC será revelada a 4 de março

por fevereiro 18, 2019

A canção que vai representar a Macedónia no Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2019, "Proud", vai ser lançada no dia 4 de março.

A canção que Tamara Todevska vai defender no palco do Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2019, em Israel, vai ser revelada no dia 4 de março. "Proud", nome da canção, foi escrita por Robert Bilbilov, Darko Dimitrov e Lazar Cvetkovski. Veja de seguida o post que a artista fez no seu Instagram oficial:



Hello, When one month ago, I got the invitation to represent my country at the Eurovision Song Content in Tel Aviv, (aside from my enthusiastic and happy YES 😁), the first thing that popped up in my mind was, what will be the purpose of my participation at the contest? What is it that I want to say? What is it that I want to share with the world? You see, for me, Eurovision has never been about entering the finals, being in the top 10 or even winning. Eurovision, to me, has always been so much more than that! Eurovision is about accepting the different, defying the norms and being proud of who you are, just the way you are. Eurovision is that one night in the year when the entire continent comes together to celebrate boldness, bravery and individuality! It is the place where being different means being PROUD. I am a mother of two: a three-year-old girl and a three-month-old boy. I know it sounds like a cliché, but they truly changed my life and I feel, both, as a mother and as a parent, that it is my responsibility and OUR responsibility to bring positive change to our children's lives. My whole life I have been told that I wasn’t girly enough, good enough, that I walked and acted like a man. Lower your head, put something sexy on, no one cares what you really think, they would say. You see, in their minds, I was just another lost girl. Today, as I look at my daughter, I want her to grow up in a world where people will not judge her, tell her how to act, smile and move. I want her to know that she doesn’t have to follow the rules to be accepted. I want her to be whoever she wants to be and most importantly, be proud of who she is. That’s the least I can do for her. I am proud to say that on the 16th of May I will dedicate my song to my daughter and sing for everyone out there who has been told to always lower their heads and follow strict rules. On May 16th, we will break the rules and at least for one night in the year, we will show the world that I AM PROUD is always stronger than their YOU WILL NEVER BE GOOD ENOUGH! You will ALWAYS be good enough! See you in Tel Aviv! ❤ Tamara #proud #teamtamara #eurovision2019 #daretodream
Uma publicação partilhada por Tamara Todevska (@tamaratodevska) a

A Macedónia participa no concurso desde a edição de 1998, tendo falhado apenas as edições de 1999, 2001 e 2003. Em todas as suas participações, o país apenas conseguiu chegar à final oito vezes, sendo que a melhor pontuação conseguida até ao momento é um 12.º lugar, na edição de 2006. Na edição de 2018, em Lisboa, o país foi representado pelo grupo Eye Cue, com a canção "Lost and Found", tendo ficado apenas pela semifinal onde alcançaram o 18.º lugar, com 24 pontos.

Reveja "Lost and Found":


Fonte e Imagem: Eurovoix/Vídeo: Eurovision.tv
Com tecnologia do Blogger.