OGAE Second Chance: 'Outra Vez Primavera' vence a votação


Decorreu esta sexta-feira a votação para eleger a música escolhida para representar Portugal no Second Chance: "Outra Vez Primavera".

A canção da autoria de Nuno Feist (música) e Nuno Marques da Silva (letra) e interpretada por Yola Dinis foi a vencedora com larga maioria para "A noite inteira" que acabou no segundo lugar. Não foram consideradas na votação a canção vencedora do Festival da Canção nem "Maldito Tempo", que foi desclassificada do concurso. Nos últimos lugares ficaram "Lisboa, Lisboa" e "Quando a luz voltar a passar".

"Outra Vez Primavera" era uma das favoritas dos fãs portugueses e passou para a final pelo voto do público. Na grande final, Yola Dinis não conseguiu apurar-se para a finalíssima sendo que o resultado da votação não foi revelada pela RTP.

Veja de seguida as votações completas:

1º. Yola Dinis – Outra Vez Primavera (517 pontos)
2º. Filipa Baptista – A Noite Inteira (395 pontos)
3º. Teresa Radamanto – Um Fado Em Viena (365 pontos)
4º. Simone de Oliveira – À Espera das Canções (337 pontos)
5º. José Freitas – Mal Menor (Ninguém Me Guia À Razão) (314 pontos)
6º. Filipe Gonçalves – Dança Joana (303 pontos)
7º. Gonçalo Tavares – Tu Tens Uma Mágica (233 pontos)
8º. Adelaide Ferreira – Paz (209 pontos)
9º. Rita Seidi – Lisboa, Lisboa (187 pontos)
10º. Rubi Machado – Quando a Lua Voltar a Passar (155 pontos)

Recorde a prestação de Yola Dinis no FC 2015:


Fonte: Festivais da Canção/Vídeo: Paulo Queirós
02/05/2015

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.