Reino Unido: Simon Cowell diria sim ao Festival Eurovisão da Canção 2016


Simon Cowell, um dos mais conhecidos e reputados produtores musicais, revelou ao The Mirror que aceitaria, com “cem por cento de certezas”, comandar a escolha do Reino Unido para o Festival Eurovisão da Canção 2016 (ESC), caso a  British Broadcasting Corporation (BBC) lhe fizesse o convite. 

O ex-jurado do American Idol alegou ao jornal que “a ideia de (...) apostar em alguém para representar o Reino Unido, alguém novo – adoraria” e que nunca acreditou que a entrada do presente ano de 2015, “Still in love with you” dos Electro Velvet, conseguisse uma boa classificação. 

Quando questionado sobre o vencedor deste ano, Mans Zelmerlöw, Cowell afirmou “o vencedor tem um single adequado e o cenário era fabuloso”. 

O Reino Unido estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 1957 e já ganhou cinco vezes: em 1967, com Sandie Shaw e a canção “Puppet on a String”, em 1969, com Lulu e a canção “Boom Bang-a-Bang”, em 1976, com Brotherhood of Man e a canção “Save Your Kisses for Me”, em 1981, com Bucks Fizz e a canção “Making Your Mind Up”, e em 1997, com Katrina and the Waves e a canção “Love Shine a Light”. Em 2015 o país foi representado pelos Electro Velvet e a canção “Still in love with you”, alcançando o 24º lugar na final com um total de 5 pontos.

Veja aqui a actuação do Reino Unido no ESC 2015:


Fonte: escxtra/ Imagem: eurovisionireland.net/ Vídeo: eurovision.tv
31/05/2015

1 comentário:

  1. Se este senhor mete as patinhas na música que Inglaterra irá levar para o ano, parece que já temos um país no Top 10.

    ResponderEliminar


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.