ESC 2016: partido sueco quer alertar para a liberdade de expressão


O partido sueco "Folkpartiet" sugeriu, em carta aberta ao departamento de cultura de Estocolmo, que Estocolmo e a organização da Eurovisão em 2016 deviam de focar o certame na liberdade de expressão. 

Rasmus Jonlund do partido Folkpartiet diz que a organização do ESC em Estocolmo é uma boa oportunidade para mostrar a importância da liberdade de expressão e dos direitos humanos. Rasmus diz que a Eurovisão é um dos melhores contextos onde o tema da liberdade de expressão de músicos de todo o Mundo pode ser abordado mais profundamente. 

A Suécia estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 1958 e já ganhou por seis vezes: em 1974, com ABBA e a canção "Waterloo", em 1984, com Herreys e a canção "Diggi-Loo Diggi-Ley”, em 1991, com Carola e a canção "Fångad av en stormvind", em 1999, com Charlotte Nilsson e a canção "Take Me To Your Heaven", em 2012, com Loreen e a canção "Euphoria" e no ano de 2015, em que foi representada por Mans Zelmerlöw e a canção “Heroes”, com um total de 365 pontos. 

Recorde a canção que representou a Suécia em 2015:


Fonte/Imagem: freemuse.org/Vídeo: Eurovision.tv
14/09/2015

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.