Noruega: cerca de 1000 candidaturas submetidas para o 'Melodi Grand Prix 2016'


Norsk Rikskringkasting (NRK), emissora estatal norueguesa, revelou, esta manhã, a receção de cerca de 1000 candidaturas para a próxima edição do Melodi Grand Prix.

Após encerrado o prazo de inscrições para a final nacional do próximo ano, a NRK revelou que foram recebidas cerca de 1000 inscrições para o 'Melodi Grand Prix 2016'. O comité da emissora, constituído por por Pia Skevik, Marie Komissar, Jan Fredrik Karlsen e Stig Karlsen, têm agora a responsabilidade de analisar as candidaturas e selecionar os dez temas que disputarão a final nacional norueguesa por um lugar no Eurovision Song Contest 2016. Lembramos que na edição passada, a emissora recebeu 800 temas para o concurso, o que levou a um aumento de 30% no volume de candidaturas.

Apesar de não ter sido revelado qualquer detalhe sobre a localização e a data do evento, a emissora norueguesa assegurou que serão reveladas mais informações sobre o concurso brevemente.

A Noruega estreou-se na competição em 1960, tendo participado por 54 vezes na competição. Venceu por três ocasiões (1985, 1995 e 2009), mas conquistou por 11 vezes o último lugar na classificação, quatro deles sem qualquer pontuação.

Em 2015, a Noruega fez-se representar por Morland & Debrah Scarlett e o tema 'A Monster Like Me' alcançando assim o 8.º posto com 102 pontos, sendo o terceiro top10 consecutivo do país. 

Recorde a prestação de seguida:

            

Fonte: escportugal.tv/Imagem: oikotimes.com/Vídeo: YouTube
03/11/2015   

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.