Hungria: A Dal arranca a 23 de janeiro


A Médiaszolgáltatás-támogató és Vagyonkezelő (MTVA), a emissora nacional húngara, está a preparar A Dal 2016, a final nacional húngara, que arrancara a 23 de janeiro.

As submissões dos temas encerraram a 24 de novembro, e agora a MTVA irá decidir as 30 eliminatórias. Se o concurso mantiver o formato habitual, haverá três heats, duas semifinais e a Grande Final. 

Tem-se a informação de alguns artistas que apresentaram candidatura: Gergo Racz que representou a Hungria em 1997, foi co-compositor da canção interpretada por Kati Wolf em 2011, e ainda participou na final nacional em 2013 e 2014 como artista solo, e em 2015 sendo membro dos "Fool Moon". Também Antal Timi irá participar. O artista Kozmix que já conta com 20 anos de carreira também decidiu participar na final nacional, assim como Laura Cserpes que participou no Dal 2013 e Dal 2014. A banda MDC que foi nomeada para os VIVA Music Awards apresentou dois temas para o concurso. Gyula Elias, que participou no Dal 2013 e 2015, também será um dos concorrentes. Ainda Balint Gajer, YesYes, Zoltan Mujahid, Abbe Lewis, Andre Vasary, Oliver Berkes & Lili Peterffy, Mrs. Colombo serão também concorrentes no Dal 2016.

A Hungria estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 1994 e o seu melhor resultado é um quarto lugar: em 1994, com Friderika Bayer e a canção "Kinek mondjam el vétkeimet?". Em 2014 o país foi representado por Boggie e a canção "Wars for nothing", alcançando o 20º lugar na final com um total de 19 pontos.

Recorde a prestação da Hungria no ESC 2015 - Boggie com "Wars For Nothing":


Fonte/imagem:oikotimes/vídeo:EurovisionSongContes
11/12/2015

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.