Portugal: decisão da RTP em destaque nos media


A Rádio e Televisão de Portugal (RTP) anunciou que não vai emitir o Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2016. A decisão tem estado em destaque nos media portugueses.

Em declarações ao Diário de Notícias, Daniel Deusdado (diretor de programas) afirmou que a RTP não vai emitir o ESC "em nenhuma das suas plataformas". Desta forma quem quiser assistir ao certame, que se vai realizar entre 10 e 14 de maio na Suécia, terá que fazê-lo através do site oficial do mesmo.  

O 'Jornal de Notícias' optou por destacar as declarações de Daniel Deusdado que afirmou que a estação pública pretende redefinir o 'Festival da Canção', bem como a forma que a canção representante é selecionada. "Em princípio, voltamos em 2017", adiantou o mesmo. 

Não foram apenas os jornais que deram destaque ao tema. A decisão da RTP tem vindo a estar em destaque em vários sites de notícias, como é o caso do 'Portal dos Programas' ou 'A Televisão'. 

Recorde-se que esta é a quinta vez que Portugal fica de fora do ESC, uma vez que também não participou nas edições de 1970, 2000, 2002 e 2013. 

Portugal estreou-se no Festival Eurovisão da Canção em 1964 e o seu melhor resultado é um sexto lugar: em 1996, com Lúcia Moniz e a canção “O meu coração não tem cor". Em 2015 o país foi representado por Leonor Andrade e a canção “Há um mar que nos separa”, alcançando o 14º lugar na semifinal com um total de 19 pontos. 

Reveja a participação de Portugal no ESC 2015: 


Fontes: atelevisao.com; portaldosprogramas.com; jn.pt e dn.pt/Imagem: escportugal.pt/Vídeo: Eurovision Song Contest

02/04/2016

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.