ESC 2016: conheça os possíveis locais para o Festival Eurovisão da Canção 2017


Responsáveis políticos de duas cidades da Ucrânia já mostraram publicamente estar disponíveis para acolher o Festival Eurovisão da Canção 2017 (ESC 2017).

No sábado passado, Jamala, representante da Ucrânia, ganhou o ESC 2016. Desta forma, a televisão pública ucraniana recebeu o direito de organizar o certame europeu em 2017. 

O presidente da Câmara de Kiev, Vitali Klitschko, afirmou que gostaria de receber o festival no complexo olímpico desportivo "Olimpiyskiy National". Este responsável afirmou, de igual modo, que irá contactar a NTU para iniciarem o planeamento de infraestruturas, transportes e alojamentos. Kiev é a capital e maior cidade da Ucrânia, com cerca de 2.800.000 habitantes. Em 2005 acolheu o Festival no Palácio dos Desportos, que poderá voltar a receber o evento em 2017

Odessa é a segunda cidade na corrida para receber o ESC 2017. Hennadiy Trukhanov, presidente da Câmara da localidade, afirmou que a organização deve acontecer na sua cidade, a quarta maior do país com mais de 1 milhão de habitantes. Odessa está localizada a sul do país, na costa do Mar Negro. Já recebeu inúmeros eventos desportivos. O único estádio disponível para receber o ESC 2017 não é coberto, requerendo um custo extra para a respetiva cobertura.

Fonte: ESCPortugal.pt/Imagem: Dailytrackpic
16/05/2016

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.