ESC 2016: Hungria e Suécia confirmam participação no festival em 2017


As emissoras estatais da Hungria e da Suécia confirmaram, esta manhã, a participação na edição do próximo ano do Festival Eurovisão da Canção 2017. Estónia e Portugal juntam-se na lista provisória de participantes.

A precisamente uma semana de conhecermos o vencedor do Festival Eurovisão da Canção 2016, dois países confirmaram a sua presença na edição do próximo ano: Hungria e Suécia.

O chefe de entretenimento e de programas para crianças e jovens confirmou a presença da Hungria na próxima edição do evento. A seleção A Dal voltará a ser utilizado como final nacional do país, algo que tem acontecido desde 2012, sendo que a competição abrirá um processo de submissões no final deste ano. Também a Suécia estará representada na próxima edição do certame. A emissora anfitriã do certame em 2016 confirmou a sua participação, tendo também confirmado que o Melodifestivalen 2017 será o seu modelo de seleção para o concurso.

A Estónia também já confirmou a sua presença, tendo sido o primeiro país a fazê-lo. Mart Normet, diretor de entretenimento da emissora, revelou, em abril, que a emissora já estava a preparar o Eesti Laul 2017.

Além disso, Portugal, ausente da competição este ano, é um dos potenciais participantes tendo em conta a "promessa" do regresso à competição em 2017 aquando da retirada da edição deste ano.

Fonte: ESCPortugal.com/ Imagem: ESC-Plus.com
08/05/2016

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.