ESC 2017: ministro das finanças da Ucrânia cauteloso com os futuros gastos


O ministro das finanças ucraniano, Alexander Danyluk, pediu para ser avaliada a utilidade do Festival Eurovisão da Canção (ESC), em relação à próxima edição do mesmo.

Alexander Danyluk, na sua coluna “Verdade Económica” escreveu o seguinte: “Tendo em conta o meu trabalho, tenho de pensar sobre o orçamento. Espero uma avaliação séria dos recursos e benefícios do Eurovision, tendo de ser um projeto financeiramente estável. Um bilião de grivnie é uma grande quantidade de dinheiro (a Suécia gastou 43 milhões de dólares, que equivale um bilião de grivnie, no ESC 2016) ”.

O Ministro ainda relembrou que é possível vender os direitos de sediar o evento, com o exemplo da França: “Em 1960 a França vendeu os direitos ao Reino Unido”. Ainda afirmou que “Se decidirmos organizar o festival, temos de ter em mente que é financiado pelo Estado”.

Reveja a atuação de Jamala, vencedora do ESC 2016:


Fontes/Imagem: sputniknews.com/Video: Eurovision Song Contest
19/05/2016

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.