ESC Hit List: 10 artistas que ficaram famosos a partir do certame


Apesar de muitos acharem que só vai à Eurovisão jovens que acabaram de sair de talent shows, muitas foram as estrelas que passaram pelo concurso e que ficaram famosas após a sua participação. Vamos relembrar 10 artistas que ficaram famosos a partir do festival. 

1. Conchita Wurst - "Rise Like A Phoenix" (Áustria, 2014)


Conchita Wurst já era conhecida no seu país (Áustria) por ter participado em alguns concursos televisivos, porém nada com a dimensão após a sua vitória eurovisiva. Conchita tornou-se um marco, uma personagem criada para promover a paz e os direitos humanos. Hoje em dia, além de ser das artistas mais premiadas no seu país, é chamada em vários cantos do mundo para falar sobre direitos humanos e discriminação.

2. ABBA - "Waterloo" (Suécia, 1974)



Os ABBA eram um grupo desconhecido antes de vencerem a Eurovisão em 1974. Após isso, e a sua irreverência em palco, ficaram célebres e tornaram-se num dos maiores marcos da música pop em todo o mundo. Foram considerados em 2005 como os melhores vencedores de sempre do concurso, também, e ainda continuam a vender milhões e a serem relembrados por todo o lado.

3. Gigliola Cinquetti - "Non Ho L'Età" (Itália, 1964)


Aquando a sua participação eurovisiva, Gigliola era uma pequena mulher tendo apenas 16 anos. A sua vitória "Non Ho L'Età" foi tão bem sucedida que quebrou todos os recordes até então: além de ser número 1 em vários países, conseguiu ficar no top 20 do Reino Unido - um feito raro para uma canção que era cantada numa língua estrangeira. Após isto, ficou célebre na Itália, tendo sido produtora de vários programas televisivos e fazendo parte do leque de concorrentes do festival Sanremo constantemente.

4. Lena - "Satellite" (Alemanha, 2010)


2010 foi um ótimo ano para a cantora alemã Lena! A artista, que até então andava a estudar para terminar o seu curso, aventurou-se pelos concursos televisivos e conseguiu o impacto que pretendia. "Satelitte" rapidamente se tornou número 1 em 6 países, e certificado de ouro e platina na maioria deles. Além disso, a sua participação, igualmente bem sucedida, em 2011 com "Taken By A Stranger", fez com que a cantora se estabelecesse no mercado musical - e, hoje em dia, é uma das maiores referências do panorama artístico na Alemanha!

5. Celine Dion - "Ne partez pas sans moi" (Suíça 1988)


Antes de participar na Eurovisão, Celine Dion já tinha lançado oito álbuns em francês - nenhum deles bem sucedido a nível de vendas. Após a sua vitória na Eurovisão, os media começaram a dar importância à artista, e a mesma acabou por ganhar o seu espaço no panorama musical mundial. Ficou mais conhecida pela sua música no filme Titanic e, hoje em dia, é das artistas que mais vendeu em todo o mundo. Parabéns, Celine!

6. Olivia Newton-John - "Long Live Love" (Reino Unido, 1974)


Lembram-se da querida Olivia Newton-John? Participou na Eurovisão em 1974, perdeu para os ABBA mas ficou com um honroso 4º lugar! A Eurovisão apareceu-lhe numa altura em que a cantora estava a dar os seus primeiros passos na música. Após a sua participação, conseguiu obter vários números 1 com os seus álbuns e singles. Também, ficou conhecida pela sua participação no filme "Grease". 

7. Lordi - "Hard Rock Hallelujah" (Finlândia, 2006)


Os Lordi iniciaram o seu percurso inicial em 1992, no entanto só conseguiram lançar o seu primeiro álbum em 2002. Apesar de já serem conhecidos na Finlândia, foi a partir da sua vitória eurovisiva que o grupo conseguiu realizar anualmente tourneés completamente lotadas pela Europa fora, e fazer parte dos grupos de heavy metal com mais vendas. Aqui está a prova de que na Eurovisão não se criam só estrelas pop, mas sim de todos géneros musicais! 

8. Cliff Richard - "Congratulations" (Reino Unido, 1968)



Cliff Richard começou desde cedo a fazer parte do entretenimento britânico; porém, a nível musical, não foi o mais bem sucedido até à sua participação na Eurovisão. A primeira vez foi em 1968, a segunda em 1973, no entanto nas duas vezes conseguiu chamar a atenção dos media europeus e ficou conhecido em vários países. Os anos 80 foram fantásticos para o cantor, já que conseguiu ficar no topo de tabelas de vendas em vários países. 

9. France Gall - "Poupée de cire, poupée de son" (Luxemburgo, 1965)


Apesar de recusar falar sobre a sua participação na Eurovisão, France Gall é um marco para o concurso. Além de se ter tornado na primeira grande figura a sair da Eurovisão e a fazer sucesso pelo continente asiático, já tem mais de 20 álbuns lançados e de 50 singles. Também, ainda apoia causas humanitárias e continua imparável, mesmo que tenha já 68 anos. É caso para dizer que velhos são os trapos.

10. Sandie Shaw - "Puppet on a string" (Reino Unido, 1967)


Considerada como a princesa pop dos anos 60, Sandie Shaw encantou tudo e todos com "Puppet On A String". Além de ter ficado em 1º lugar no topo de vendas do Reino Unido, teve um enorme sucesso nos países nórdicos. A sua participação eurovisiva foi um pretexto para se dar a conhecer tanto talento numa só pessoa pela Europa inteira. Além de ter lançado 10 álbuns, deixando assim um legado gigantesco, é das artistas mais acarinhadas pelos fãs eurovisivos.

Gifs: Tumblr.com/Vídeos: Eurovision Song Contest
15/07/2016

Autor da publicação:

O resto da equipa do "ESC Hit List":

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.