ESC Hit List: 10 vezes em que se falou do mar numa música de Portugal


Se há coisas que Portugal adora demonstrar ao mundo na Eurovisão são os seus feitos históricos de mil quinhentos e troca-o-passo. Os descobrimentos via marítima o facto de sermos um povo muito sofrido são algo que, segundo a maioria dos concorrentes de todos os Festivais da Canção, nos orgulha. A isto, podemos acrescentar o nosso fado (que é coisa que nunca queremos mandar ao festival, mas é o nosso orgulho também), a saudade e o vinho, mas isso fica para uma próxima! Quem sabe se daqui a uns quantos anos os compositores se vão focar em temas como as conquistas de Cristiano Ronaldo ou as obras de arte de tirar o fôlego de Joana Vasconcelos?

1. Vânia Fernandes - "Senhora do Mar" (2008)


Começamos logo por aquela que é uma das maiores favoritas dos eurofãs de sempre! Uma canção com um tema bem sofrido, como nós tanto amamos. A perda de alguém para o mar e a glória de superar a mágoa, bem ao jeito do português. Pode não ser nada de novo para nós, mas para a Eurovisão, que é um concurso onde só se fala da paz e do amor nas suas letras, é um poema demasiado bom!

2. Lúcia Moniz - "O meu coração não tem cor" (1996)


É claro que o nosso pequeno grande orgulho, o honroso 6º lugar, o melhor que este país à beira mar plantado já conseguiu, tinha de constar nesta lista! Este tema faz uma homenagem a Portugal no seu todo, recaindo sobre as suas colónias e toda a cultura que se foi espalhando durante essa época. E como o nosso coração não tem cor, até pomos esta canção a navegar!

3. Da Vinci - "Conquistador" (1989)


Bem que podemos arriscar dizendo que a canção de Lúcia Moniz tem uma letra que resulta do aperfeiçoamento desta. Os descobrimentos e as nossas conquistas feitas após "dias e dias e meses e anos no mar". E aquele esquecimento clássico da escravatura e tudo mais. Somos conquistadores e isso é que importa!

4. Nevada - "Neste barco à vela" (1987)


Hoje em dia esta era uma daquelas canções que podia muito bem fazer parte dos programas da tarde de domingo! Qualidade (ou a falta dela) à parte, este é mais um tema que elogia Portugal. Ao que nos cabe aqui mencionar, os Nevada falam de um navio que atravessa o rio mas nem sempre se fez ao mar. E de pouco mais, pois eles puxaram tanto pela cabeça para escrever isto que até repetem seis versos nada mais nada menos do que seis vezes!

5. 2B - "Amar" (2005)


Não, nem numa canção focada no poder do amor se o mar é esquecido! Mesmo que não faça qualquer sentido, não fosse esta a canção com a pior letra bilíngue de sempre. "De mar em mar, hey! Ver e vencer, hey! Amar, amar. Sempre, sempre, anyway". Brilhante! Não fossem os problemas no som e a Paparizou ia de vela, sem qualquer sombra de dúvida!

6. Alma Lusa "Se eu te pudesse abraçar" (1998)


"Navegar, navegar. Sobre a terra e sobre o mar". Esta é uma daquelas letras que fala da presença de Portugal em todo o mundo e na saudade que fica em deixar o nosso país e a nossa gente. Acaba por ser uma letra bem atual e com que muitos nós nos identificamos por termos alguém querido "do outro lado do mar".

7.  Flor-de-lis - "Todas as ruas do amor" (2009)


"Se sou mar és maré cheia" e "beija o mar, o vento e a lua" são as vezes em que este que é o nosso elemento favorito é mencionado nesta canção, que acaba por ter uma das letras mais amorosas que já tivemos na Eurovisão e por isso o mar não podia mesmo faltar!

8. Leonor Andrade - "Há um mar que nos separa" (2015)


Um dos nossos maiores falhanços dos últimos anos, mas o nosso peito cheio em relação ao mar no passado ainda nos fez acreditar no nosso poder sobre ele. Há tantas maneiras de escrever sobre a distância que temos em relação a alguém, mas português que é português tem de mencionar os oceanos, mesmo que o nosso amado esteja em Espanha!

9. Suzy - "Quero ser tua" (2014)


Ora, mais uma vez o mar surge numa espécie de homenagem cheia de amor! Nesta fantástica canção - e soubessem vocês o tempo que isto ficou nas nossas cabeças -, o mar é comparado à nossa paixão a quem queremos pertencer. "Eu quero ser tua como o rio é do seu mar", e nós só queríamos perceber por que razão o mar é dono de um rio.

10. Rita Guerra - "Deixa-me sonhar (só mais uma vez)" (2003)


"Leva o sol, leva o mar. Leva contigo a luz do meu luar". Penso que a Rita e o compositor da canção não pensaram nos efeitos negativos desta letra. Tudo bem que ela foi abandonada pelo seu amor, mas daí a dizer-lhe para levar o NOSSO mar? Já pensaram no impacto negativo disto? Este país não ia ter nada com que se orgulhar! Cancela, Rita!

Vídeos: Eurovision, schluckauf e Euroencyclopedic
20/07/2016


Autor da publicação:
O resto da equipa do "ESC Hit List":

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.