ESC Hit List: os 16 artistas mais sensuais da Eurovisão


"Na Eurovisão só nos podemos basear na canção e performance", dizem. E querem enganar quem? Que atire a primeira pedra o fã do festival que a cada ano não tem uma ou duas (quem sabe até meia dúzia) de crushes! Ninguém é de ferro! E aqui que ninguém nos ouve: já apoiámos propostas devido à hotness dos intérpretes. No texto de hoje fazemos uma viagem pelas estrelas eurovisivas que nos enchem os olhos!

1. Loukas Giorkas (Grécia, 2011)



Homem. Da Grécia. É preciso dizer mais alguma coisa? Um verdadeiro deus grego que, por acaso, até simbolizou o fim da onda de boa música eurovisiva trazida pelo seu país. A nossa parte favorita na sua atuação? Quando ele desaperta o casaco e dança para nós, óbvio!

2. Ani Lorak (Ucrânia, 2008)


Ani Lorak não é só uma das mulheres mais deslumbrantes que alguma vez passou pelo palco da Eurovisão. É, também, uma das maiores divas de sempre e de que toda a gente se lembra pela sua performance de tirar o fôlego e que, até aos dias de hoje, ninguém conseguiu igualar.

3. Sergey Lazarev (Rússia, 2016)


A Eurovisão de 2016 pode já ter acabado, mas a nossa paixão continua! O representante russo mais sexy de sempre tentou conquistar o troféu dizendo-nos a todos que éramos "the only one". Não conseguiu, mas certamente ganharia o prémio "Homem do ESC2016 que queríamos ter em casa".

4. Iveta Mukuchyan (Arménia, 2016)


E já que falamos no ESC de 2016... Ninguém ficou indiferente ao fato-de-banho da gata vinda do país natal das Kardashians, pois não? Muito dificilmente ficamos completamente arrasados numa performance em que o intérprete está sozinho em palco e pouco se mexe. Iveta fê-lo quase sem esforço onde o pernal sexy se juntou a uma voz sem falhas!

5. Jónsi (Islândia, 2004 e 2012)


Queremos acreditar que este tema ficou mal classificado pois a música começou, o Jónsi lançou este olhar e toda a gente desmaiou. Como não, não é verdade? Desculpa-nos, Greta, mas o teu solo de violino nem chega aos calcanhares da beleza do teu par!

6. Mariya Yaremchuk (Ucrânia, 2014)


À primeira, muitos gozaram com Mariya pela fraca qualidade do seu tema e por ter uma roda de hamster em palco. No fim de contas, fomos todos conquistados pela sua garra e sensualidade, tendo apenas 21 anos na altura!

7. Marco Mengoni (Itália, 2013)


Aqui está um daqueles casos em que a música já é boa por si só e como se não bastasse temos alguém assim a cantá-la. Quem resiste a um homem destes que canta tão bem, e ainda por cima numa língua tão bonita?

8. Serebro (Rússia, 2007)


Para os mais desatentos: sim, as Serebro cresceram e muito nos últimos nove anos! Não bastando o terceiro lugar no certame, estas três meninas têm feito imenso sucesso pelo seu país e não só. Apesar de, atualmente, só uma delas estar no grupo desde o início (volta, Elena!) a qualidade mantém-se a todos os níveis! Dêem um "olhinho" pela videografia delas, garantimos que não se vão arrepender!

9. Gianluca Ginoble - Il Volo (Itália, 2014)


Definitivamente, temos queda para italianos! Não descurando os restantes elementos dos Il Volo, que são todos bonitos à sua maneira! O Gianluca conquistou-nos com esta piscadela no vídeo da "Grande Amore", confessamos! 

10. Edurne (Espanha, 2012)


Edurne é indiscutivelmente a representante espanhola mais linda de sempre!  Louraça, olhos azuis, com um corpaço to die for, que mais podemos pedir? Nem o seu flopanço no festival nos impede de a adorarmos e de querermos que ela volte rápido!

11. Sakis Rouvas (Grécia, 2004 e 2009)



Para quem segue a Eurovisão desde o início deste século, este senhor dispensa apresentações! Sakis é um autêntico galã do festival, conhecido pelos seus movimentos bem épicos e sensuais! Shake it, mi amor!

12. Hadise (Turquia, 2009)


A coreografia de "Dum Tek Tek" não podia ter outro efeito sobre nós! Pode não ter a melhor voz de sempre mas é, com certeza, linda de morrer! E é por isto e muito mais que precisamos, desesperamos e necessitamos do regresso da Turquia!

13. Måns Zelmerlöw (Suécia, 2015)


O vencedor da Eurovisão em 2015, ou o representante sueco que mais corações conquistou por esse mundo fora, tinha de marcar presença nesta lista. Esta vai para todos vocês, que continuam a suspirar por aquelas calças de cabedal bem justinhas!

14. Helena Paparizou (Grécia, 2005)


Helena é daquelas vencedoras de que toda a gente se lembra! Com o passar dos anos (já se passaram 15 anos desde a primeira participação de Helena no festival), Helena cresceu, passou de menina a mulherão e nós continuamos apaixonados como no primeiro dia! 

15. Duncan James - Blue (Reino Unido, 2011)


Para todos os que nasceram nos anos 90, pelo menos, vocês sabem que era impossível não colocar aqui o mais amado do grupo que marcou a nossa infância, mesmo que isso coloque os restantes participantes do festival numa posição ingrata! Tudo bem que ele foi para o palco com um decote e um cachecol muito ridículo, mas nós perdoamos.

16. Aysel (Azerbaijão, 2009)


A carinha bonita do Azerbaijão fecha esta lista em beleza, literalmente! Uma das melhores duplas de sempre, o Arash pela sua voz muito única e a Aysel pela sua presença incrível. Aysel e as suas curvas são claramente superiores aos vencedores de 2011 e a todas as propostas do país na Eurovisão!

Imagens: unepetitecourge, ivamukuchyan, MTV.it e atrl
13/07/2016


Autor da publicação:
O resto da equipa do "ESC Hit List":

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.