FC 2017: Júlio Isidro admite que deu preferência a músicas em português


Em entrevista ao site ESCPortugal, Júlio Isidro admitiu que na hora de decidir os seus votos nas semifinais do Festival da Canção deu privilégio a músicas cantadas em português e com som português.

Júlio Isidro foi o presidente do júri nas semifinais do Festival da Canção e, não tendo conhecimento dos votos dos seus colegas jurados, admite que privilegiou músicas cantadas em português e com sonoridade portuguesa. Foi ainda indagado sobre a diferença de opinião entre o júri e o público, especialmente em relação à proposta de Pedro Gonçalves, que arrecadou a pontuação máxima do público mas que se ficou pelo sétimo lugar na votação do júri. Júlio Isidro confessou estar admirado mas considera que são diferenças naturais que poderão aumentar a expectativa na final.

A final do Festival da Canção acontece no dia 5 de Março no Coliseu dos Recreios. Jorge Benvinda, Pedro Gonçalves, Viva la Diva, Deolinda Kinzimba, Salvador Sobral, Celina da Piedade, Lena D'Água e Fernando Daniel são os oito finalistas que vão tentar conquistar a hipótese de representar Kiev no Festival Eurovisão da Canção 2017

Fonte: ESCPortugal/Imagem: RTP

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.