ESC 2017: análise ao oitavo dia de ensaios


Hoje decorreu o oitavo dia de ensaios, no qual 6 concorrentes subiram ao palco em Kiev. Os vídeos dos ensaios foram disponibilizados e várias considerações podem já ser tomadas a partir destes. É por isso que esmiuçamos as performances nas diversas categorias e vos deixamos a nossa opinião sobre elas.

VOZ

Resultado de imagem para o.torvald rehearsal eurovision

Começa-se bem esta apreciação destacando o poder vocal da banda que vai representar o país anfitrião este ano. Os O. Torvald têm, na sua competência, uma das músicas mais exigentes e difíceis de cantar. Apesar de utilizarem muitos coros, compreende-se perfeitamente esta decisão - já que esta canção precisa de muita força, principalmente no refrão. Além disso, o próprio vocalista é muito competente e sabe como dar intensidade à proposta. Talvez estejamos num dos melhores vocalistas de rock que passaram pelo palco do Festival Eurovisão da Canção.

Ainda neste ponto, não se pode, de todo, esquecer da qualidade vocal que Lucie Jones, representante britânica, e Levina, representante alemã, apresentam. São músicas que pedem alguma consistência no refrão e elas conseguem corresponder facilmente às expectativas.

Resultado de imagem para manel navarro rehearsal eurovision

Com muita pena, porque é mais do que óbvio que Manel Navarro, representante espanhol, é um ótimo cantor, pareceu-me bastante desconfortável em palco. Mesmo ficando estático no mesmo, com uma simples guitarra nas mãos, Manel ainda não conseguiu soltar a potencialidade da sua voz. Além disso, é uma música que não é exigente, por isso é complicado de entender o porquê para esta situação. 

Também tenho de destacar que o Francesco Gabbani, representante italiano, anda a descurar bastante na sua voz e está a divertir-se demasiado no palco. É bom divertir-se, é verdade, mas não nos podemos esquecer que estamos num concurso de grande relevo e que nada deve ficar em falta.

INTERPRETAÇÃO

Resultado de imagem para lucie jones rehearsal eurovision

Mas o que é isto, Reino Unido? Esta Lucie Jones é mesmo uma pérola encontrada no fundo do oceano para a esperança britânica. Além de cantar até demasiado bem, o telespectador sente cada palavra que a intérprete canta. Lucie pode ser muito bonita, mas os seus gestos, a sua vulnerabilidade com um toque de delicadeza, e a emoção com que canta faz com que estamos perante uma das melhores propostas do Reino Unido do século XXI. Parabéns!

Ainda neste ponto é obrigatório falar também do fantástico Francesco Gabbani, que ganha imensos pontos na forma como canta a sua "Occidentali's Karma".

Resultado de imagem para alma rehearsal eurovision

Admito que a canção francesa está longe de ser as minhas favoritas. Apesar de considerar Alma uma linda jovem cantora francesa, pensei que tivesse mais carisma em palco. A proposta francesa só acaba por ser valorizada devido aos efeitos utilizados, porque Alma, quando tem as câmaras próximas da sua cara, é bastante tímida. Ainda que tente dar o ar da sua graça, parece que falta ali qualquer coisa que cative a atenção do telespectador. Claro que isto é um ponto que, de certeza, vai ser trabalhado - e. possivelmente, Alma arrasará na final da Eurovisão.

Ainda neste ponto, e mesmo que já tenha sido expresse anteriormente, Manel Navarro precisa de melhorar urgentemente a sua interação com as câmaras, e Levina, representante alemã, tem de largar o seu ar de altivez que pode passar sem intenção.

PRESENÇA DE PALCO

Resultado de imagem para italy rehearsal eurovision

Sejamos sinceros: "Occidentali's Karma" só é favorita devido à energia que o Francesco Gabbani tem em palco, e provavelmente também à sua interação com o macaco. O cantor italiano, de facto, é bastante expressivo, tem sempre um ar bem disposto e descontraído, e consegue cativar qualquer telespectador. Porém, e fazendo uma ressalva, não sei o porquê de terem metido em palco aquele coro - pode ser que resulte, pode ser que não resulte. Esperemos para ver...

Também os O. Torvald arrasam nesta categoria, e conseguem criar um grande cenário em palco com a sua postura de rockeiros. Aquele solo de guitarras a meio da canção deixam qualquer espectador em êxtase.

Resultado de imagem para manel navarro rehearsal eurovision

Não querendo insistir sempre no mesmo, mas que presença de palco é que o Manel Navarro têm? Nenhuma, pois bem. "Do It For Your Lover" é uma música descontraída, boa onda, que precisa exactamente de um carisma que Manel não tem. Isto vai acabar por destruir uma proposta que poderia ter algo potencial de surpreender. Percebe-se perfeitamente que o cenário utilizado bem como a colocação de toda a sua equipa em palco tendem a colmatar este ponto, mas não é suficiente. É uma pena.

A juntar a Manel Navarro, Alma têm de ser mais simpática para as câmaras bem como Levina. Sinto-as, ainda, bastante desconfortáveis - e isso influencia bastante a sua presença em palco, que poderia ser fantástica já que são as duas muito bonitas.

PALCO

Resultado de imagem para alma rehearsal eurovision

Este ano existem propostas interessantes por parte dos BIG 5 e país anfitrião em relação ao palco - admito que foi difícil escolher um. Desde a forma como os rockeiros ucranianos utilizam o palco de forma brilhante, bem como ao ambiente que a proposta britânica cria em palco com a expansão dos efeitos visuais e com a utilização dos espelhos, a Eurovisão também é um bom mote para destacarmos o que de melhor cada país tem. Já que a música tem tantas raízes musicais do seu país de origem, que é a França, a forma como utilizam a Torre Eifel é fantástica. É o que consegue surpreender no meio da normalidade que "Requiem", infelizmente, é.

Resultado de imagem para germany rehearsal eurovision

Neste ponto, também foi bastante complicado escolher o pior. As escolhas recaíam, com toda a lógica, na Espanha e na Alemanha. O palco espanhol utiliza um cenário bastante foleiro e piroso, é verdade, mas consegue transmitir aquilo que o instrumental pede: que é boa onda, harmonia, simpatia, desfrutar da vida. Já a proposta alemã poderia ter melhorado em muito o seu visual em palco. É mais do que lógico que "Perfect Life" é uma música demasiado fraca, e por isso precisava de um bom palco para surpreender. Mas, de facto, ainda torna tudo mais enfadonho, chato e sem querer ouvir e ver pela segunda vez. Se a Alemanha não ficar em último na final, dá que pensar, é alarmante.

Melhor ensaio do dia: Reino Unido
Pior ensaio do dia: Espanha


Imagens: Eurovision.tv

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.