Bósnia & Herzegovina: países discutem ajuda financeira


Desde 2012 a Bósnia & Herzegovina participou apenas uma vez no Festival Eurovisão da Canção devido aos problemas financeiros da emissora nacional.

Há vários anos que a União Europeia de Radiodifusão (EBU) tenta arranjar solução para a Radio and Television of Bosnia and Herzegovina (BHRT)  pagar parte da sua dívida de 20 milhões, contudo, após no ano passado a EBU ter extendido o prazo e a Bósnia não ter cumprido, decidiram aplicar sanções, tal como não darem acesso ao Eurovision News Exchange, site onde as emissoras recebem notícias exclusivas. 

Na conferência recente do Public Service Media (PSM), realizada pela EBU, os representantes da Associação Jornalista da Bósnia e Herzegovina, o Conselho da Europa, o Representante da OSCE sobre Liberdade de Imprensa, a Federação Europeia de Jornalistas e a Organização dos Meios de Comunicação do Sudeste da Europa, reuniram se com as autoriadas da Bósnia & Herzegovina para discutirem possíveis soluções para a crise e garantir uma aplicação adequada dos padrões do Conselho da Europa e da União Europeia, de forma a pagarem a divida de contributo ao PSM.

A Bósnia & Herzegovina estreou-se como país independente no Festival Eurovisão da Canção em 1993 e o seu melhor resultado é um terceiro lugar: em 2006, com Hari Mata Hari e a canção “Lejla”. Em 2016, o país foi representado por Dalal & Deen feat. Ana Rucner & Jala e a canção “Ljubav je”, alcançando o 11º lugar na primeira semifinal com um total de 104 pontos.

Fonte/Imagem: eurovisionary 




Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.