ESC 2017: UA:PBC tem 20 dias para apelar contra a multa aplicada pela EBU


A Natsionalna Telekompaniya Ukrayiny (UA:PBC), companhia nacional de radiofusão pública ucraniana, recebeu 20 dias para reclamar a multa de 198 mil euros aplicada pela European Broadcasting Union (EBU).

O chefe da Natsionalna Telekompaniya Ukrayiny (UA:PBC), companhia nacional de radiofusão pública ucraniana, confirmou à Detector Media que o organismo recebeu apenas 20 dias para preparar argumentos e documentação, para apelar contra a multa de 198 mil euros aplicada pela European Broadcasting Union (EBU).

A UA:PBC acredita que que a boa imagem em relação à gestão do Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2017 ficou manchada devido à multa que, segundo a EBU, foi aplicada por causa dos atrasos na organização do certame e por falta de cooperação com estes sobre a participação da artista russa. No final da semana passada, o organismo de radiofusão público ucraniano, UA:PBC, divulgou um comunicado sobre a multa, onde revela o porquê de acreditar que não deveriam ter sido multados. Pode ler a declaração [AQUI].

Fonte: Eurovoix



Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.