[Entrevista a Michael Schulte]: "nunca achei que isto se tornasse realidade! É um sonho realizado"


VERSÃO EM PORTUGUÊS


Michael Schulte deu-se a conhecer no youtube e, mais tarde, ficou no 3.º lugar do The Voice of Germany. O seu álbum de estreia foi lançado em 2012 e o mais recente tem data de lançamento marcada par o início de maio, mês em que vai representar a Alemanha no ESC.

Crónicas de Eurofestivais (CE): Conta-nos um pouco sobre ti. Como é que a música apareceu na tua vida?

Michael Schulte (MS): Comecei a cantar e tocar guitarra com 7 anos, mas nunca tive aulas! Em 2006 comecei a meter vídeos de mim a cantar no youtube e ganhei uma base de fãs considerável, o que me deixou obviamente muito orgulhoso e me fez também perceber algo como "espera lá... há mesmo pessoas que gostam realmente da minha música". Foi aí que percebi que queria fazer disto a minha profissão. Em 2012 participei no The Voice of Germany e cheguei ao terceiro lugar. Desde aí dei centenas de concertos, fiz várias digressões e lancei 7 álbuns. E agora vou estar em Lisboa e cantar pela Alemanha. Este é obviamente o ponto alto da minha carreira até agora!

CE: Costumas seguir a Eurovisão? O que achas do concurso? Tens algumas música preferida?

MS: Sou um grande fã da Eurovisão e vejo todos os anos com a minha família. Sempre foi um dos pontos altos do ano. Acho que não perdi um único ESC em todos estes anos. Por isso, é ainda mais louco o facto de eu ir representar a Alemanha este ano. Adoro que muitos países com gostos musicais diferentes se juntem para uma noite entusiasmante de boa música. A minha música preferida de smepre é "Fly on the wings of love" da Dinamarca, que venceu em 2000. Como falo dinamarquês e sou meio dinamarquês isto foi mágico para mim!

CE: A Eurovisão era algo que desejavas para o teu futuro ou foi apenas uma oportunidade que apareceu?

MS: Como disse sempre segui o ESC. Já em criança era muito fã. Claro que pensava em como seria  estar naquele palco um dia e representar a Alemanha. Mas, honestamente, nunca achei que isto se tornasse realidade! É um sonho realizado sem dúvida!

CE: A atuação no Unser Lied für consistia num background de fotos de pais e filhos. Planeias manter esse conceito para a atuação em Lisboa?




MS: A atuação não será exatamente a mesma que na final nacional em Berlim. Não será totalmente diferente, mas temos algumas mudanças em mente. Não posso obviamente dizer-te o que vai mudar :)


CE: Muitas pessoas têm questionado como funciona o processo de composição quando há tantas pesosas a escrever sobre algo tão pessoal. Como é que três pessoas sem laços sanguíneos escrevem sobre a tua perda?

MS: Não algo fácil de fazer definitivamente. Claro que tive de me abrir e contar aos outros compositores muito sobre mim e sobre o que queria escrever. Foi algo muito pessoal e emocionante. Isto funciona porque fui eu a liderar durante todo o processo de composição. Nestes casos o artista tem sempre de dizer o que quer e o que não quer. O trabalho dos restantes compositores, mais ou menos, foi ajudar-me e ter boas ideias sempre que eu não conseguia encontrar o caminho certo.

CE: “You Let Me Walk Alone” soa a uma canção feita para um grande palco mas, ao mesmo tempo, encaixa-se perfeitamente na tua discografia. Houve um esforço consciente para fazer a tua canção mais apropriada para a maior competição musical do mundo?

MS: Definitivamente. Tinha noção de que nem todas as canções funcionariam num programa de televisão como o ESC. É um programa de televisão e, se queres que as pessoas gostem de ti ouvindo e vendo-te durante 3 minutos, então a música precisa de estar "no ponto". Foi isso que tentámos fazer. Mas ainda assim o objetivo era não me distanciar das outras músicas que já lancei.

CE: Como é que os teus irmãos reagiram a “You Let Me Walk Alone”?

MS: Muito positivamente, mas também muito emotivos claro.


CE: A Alemanha teve alguns maus lugar nos últimos anos. Achas que podes mudar isso?

MS: Espero que sim! E, de alguma maneira, acho que posso fazê-lo! Acho que a minha música tem alguma coisa especial e é disso que uma música eurovisiva precisa. Não sei se conseguirei chegar ao top 10 por exemplo porque é algo muito difícil de prever e porque há muitas músicas boas, mas vou dar tudo o que tenho e esperar por um bom resultado!

CE: Já ouviste algumas das música deste ano? Quais as tuas preferidas?

MS: Conheço-as todas. Tenho seguido todas as finais nacionais desde janeiro e sei mesmo todas as músicas. Por enquanto as minhas preferidas são as da França e República Checa. Mas há muitas músicas boas!

CE: Alguma vez estiveste em Portugal ou esta será a tua primeira vez? O que é que achas do nosso país?

MS: Por acaso estava em Portugal quando ganharam a Eurovisão. E agora vou voltar a Portugal  exatamente um ano depois. Tão bom!

CE: Conta-nos sobre os teus projetos futuros... 

MS: Vou lançar um álbum no dia 3 de maio e vou ter uma digressão em novembro.

Ouça "You Let Me Walk Alone":


Imagens: laut.de, dw, ESCBubble/Vídeo: Eurovision Song Contest


ENGLISH VERSION


Michael Schulte strated of as a youtuber in 2008 and later got a 3rd place on The Voice of Germany. His first album was released in 2012 and his newest one will be release in the beggining of May. He will represent Germany in Eurovission 2018.


Crónicas de Eurofestivais (CE): Tell us a little about yourself. How did music came into your life?

Michael Schulte (MS): I started singing and playing the guitar at the age of 7. But: I have never had any lessons! In 2006 I started posting videos of me singing on YouTube, gaining a pretty decent fanbase, what of course made me super proud and also made me notice something like “Hey, wait.. there are actually people that really do like my music”. So I figured I wanna do this as a profession. In 2012 I then was in the final of The Voice of Germany, making a third place. From then on I played hundreds of concerts, was touring a lot and released 7 albums. And now I’m gonna be in Lisbon and sing for Germany. This is of course the highlight of my career so far!

CE: Do you usually follow Eurovision? What do you think of the contest? Do you have any favorite songs?

MS: I’ve always been a big fan of the Eurovision Song Contest, watching it every year with my entire family. Always was one of my highlights of the year. I think I have not missed one single ESC in all these years. So it’s even more crazy that I’m gonna be performing for Germany this year!
I just love that so many countries with different music tastes come together and have an exciting evening with good music.
My all time favorite song is „Fly on the wings of love“ from Denmark, winning song in the year 2000. As I’m danish speaking and kind of half danish this was just magically for me!




CE: Was Eurovision something that you wished for your future or was it just an opportunity that came along?  

MS: As mentioned I always followed the ESC. Already as a child I was a big fan. So I of course also was thinking about how it would be to one day be on a stage like that and perform for Germany. But honestly, I would’ve never thought that this would become reality! It is a dream come true definitely!

CE: The staging in Unser Lied für consisted of a background of photos of fathers and their children. Do you plan on keeping the concept or is there another plan for the staging in Lisbon?

MS: The show is not gonna be exactly the same as in the preselection in Berlin. It’s not gonna be totally different, but  we have a few changes in mind. I can’t tell though what exactly is going to change of course :)


CE: A lot of people have been questioning how the songwriting process works when you have multiple people writing about such a personal issue. How do three non-blood related songwriters write a song about your personal loss?

MS: It’s definitely not an easy thing to do. I of course had to open a lot and tell the other writers a lot about myself and what I wanted to write about. That was very emotional and personal.
This can work out because it was me leading through the writing process all the time. On such a content the artist always has to say what he wants and what he does not want. The other writer’s job more or less was to help me out and get good ideas once I had difficulties finding the right way.

CE: “You Let Me Walk Alone” sounds like a song made for a big stage but, at the same time, it fits perfectly on your discography. Was there a conscientious effort in the studio to make your song more appropriate for the biggest music show in the world?

MS: There definitely was. I was very clear about the fact that not every song would work on a show like the ESC. It’s a TV show of course, and if you want the audience to like you from only hearing and seeing you for 3 minutes, then it needs to be an on-point-song. That’s what we tried to write. But still the goal always was that the song would not be any different in comparison to other songs that I released.

CE: How have your siblings respond to “You Let Me Walk Alone”?

MS: Very positive, but also very emotional of course.


CE: Germany got a few bad results in the past years. Do you think you can change that?

MS: I hope! And somehow I think that I can, yes! I think my song has something special and that’s something an ESC-song needs. I can’t say if I can make it in the Top10 for example because that’s very hard to predict and because there are so many good songs, but I will give it my everything and hope for a good result!

CE: Have you heard any of the other songs competing this year? Which ones are your favorites?

MS: I acutally know them all. I’m following all the preselections since January and really do know all songs that are released. Right now I like the songs from France and the Czech Republic the most. But there are many good songs!

CE: Have you ever been to Portugal or will this be your first time? What do you think about the country?

MS: I was actually in Portugal when Portugal won the ESC. And now I’ll be back in Portugal exactly one year later. So good!

CE: Tell us about your future projects… Anything exciting coming up?

MS: I’m gonna release an album on May 3rd and I’m gonna play a tour in November 2018!

Listen "You Let Me Walk Alone":


Photos: laut.de, dw, ESCBubble/Video: Eurovision Song Contest

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.