[Entrevista a Cláudia Pascoal e Isaura]: "Poder representar Portugal é um orgulho"


Resultado de imagem para claudia pascoal e isaura

Venceram o Festival RTP da Canção 2018 e serão as representantes portuguesas, no primeiro em que ano em que o país acolhe o certame. O Crónicas de Eurofestivais esteve à conversa com Isaura e Cláudia Pascoal, e aqui podem conhecer um pouco mais das nossas representantes deste ano.  

Crónicas de Eurofestivais (CE): Bem-vindas ao mundo dos eurofestivais! A participação no Festival da Canção era algo que estava na lista dos vossos sonhos futuros?

Cláudia Pascoal (CP):  Sim! Não um objetivo a concretizar, mas um sonho platónico que sempre tive!

Isaura (I):  Não fazia parte dos meus planos porque “musicalmente” talvez não tivesse a certeza de haver espaço para mim! Quando recebi o convite a vontade de aceitar foi instantânea e vou guardar toda a experiência na minha memória com muito carinho. 

CE: No processo de compor a canção para o festival, como nasceu “O Jardim”? 




I: A música para mim é muito terapêutica; não tenho muito jeito para inventar histórias, prefiro contar o que sinto e o que vejo à minha volta. “O Jardim” é um relato das saudades que tenho da minha avó que faleceu há pouco mais de um ano; a canção faz parte do meu processo pessoal de compreender que ela já cá não está.

CE: Depois de terem concluído com sucesso a participação no Festival da Canção, houve alguma canção que tivessem gostado em particular?

CP: Este ano, na minha opinião, o festival foi incrível a nível de qualidade musical! Qualquer uma das canções representaria muito bem o nosso país na Eurovisão! Mas claro que tenho algumas favoritas: JP Simões, Bruno Vasconcelos, Catarina Miranda, Janeiro, Joana Barra Vaz, Peu, Tamin etc. Encheu-me o coração fazer parte deste projeto musical tão inacreditável.

I: Gostei muito de várias! Há vários temas a rodar no meu carro: a canção da Francisca Cortesão e do Afonso Cabral, do Diogo Clemente e do Júlio Resende são algumas delas!

CE: Antes de “O Jardim”, tu e a Cláudia trabalharam noutra canção que era, inicialmente, a aposta que iriam levar ao Festival da Canção. Porque decidiram optar por “O Jardim” em vez dessa primeira opção? Pensam em, eventualmente, partilhar essa canção com o público?

CP: Acho que esta questão é mais indicada para a Isaura, dado que ela é a compositora das duas músicas, mas acho que a escolha do "O jardim" foi por se refletir mais sincera e sem filtros.

I: “O Jardim” é de tal forma pessoal que assim que terminei a canção achei não ser capaz de a partilhar com mais ninguém. A outra canção “Aonde estás” fala do mesmo assunto que “O Jardim” mas usei palavras mais meigas com as quais tentei proteger a minha história, para que não me sentisse tão exposta. No entanto, ainda que gostasse muito desse tema, sabia que “O Jardim” era mais genuíno e por isso uma melhor escolha para o Festival. Acabei por me sentir pronta para mostrar a canção. Ainda não pensei se esse outro tema virá a público e se sim de que forma!

Resultado de imagem para claudia pascoal e isaura

CE: Uma pergunta muito particular: é difícil partilhar canções como “O Jardim” com o mundo ou, pelo contrário, ajuda a processar os momentos mais complicados?




CP: Para mim é uma canção super aconchegante, na medida que me sinto próxima de pessoas que cá já não estão.

I: Acho que ajuda se partilhado no momento certo. Por norma, faço uma canção e não a mostro a ninguém até ter “digerido” o que lá escrevi. No caso d’O Jardim” não é propriamente um tema que se digira, é algo que se vai aceitando. Eu resolvi partilhar a canção por achar que essa seria a verdadeira homenagem à minha avó.

CE: O que significa para vocês representar Portugal na Eurovisão, logo no ano em que somos anfitriões?

CP: Um enorme orgulho e uma vontade imensa de fazer o nosso melhor.

I: É um orgulho enorme; temos muita sorte por poder viver este momento e ainda mais por poder partilhá-lo com os nossos amigos e família que estão em Portugal connosco. Mesmo os que não podem assistir podem dar-nos um abraço a seguir.

CE: Seguem a Eurovisão regularmente? Qual é a vossa canção concorrente favorita de sempre?

CP: Fora o do Salvador gostei imenso das músicas do Måns Zelmerlöw - "Heroes" e da Lena - "Satellite"

I: Não sigo desde sempre mas há algumas canções que me ficaram na memória. Uma delas, não por ser a minha favorita, é a “Euphoria” da Loreen.

CE: Podemos esperar alguma surpresa na atuação em maio? A vossa performance já está definida? A Isaura vai continuar em palco?




CP: Ainda está tudo a ser discutido e preparado.

I: Estamos a trabalhar nisso; estarei em palco sim.

CE: Já ouviram alguma das músicas a concurso este ano na Eurovisão? Têm alguma favorita?

CP: Ando viciada na do Mikolas Josef - "Lie To Me" da Républica Checa.

I: Ouvi quase todas. A minha favorita, para já, é a da República Checa.

CE: O que esperam ganhar com a vossa experiência na Eurovisão? Porquê a Eurovisão?

CP: Espero divertir-me, espero fazer mais uma vez “jus” à musica da Isaura, e espero que Portugal fique tão contente como eu pelo facto de jogarmos em casa este ano.

I: Poder representar Portugal, em qualquer modalidade, é um orgulho. Fazê-lo com uma canção é também uma sorte. Pisar um palco deste tamanho, lidar com tantas expectativas de tanta gente são lições para a vida que espero que me ajudem a ser mais profissional e melhor pessoa.

Resultado de imagem para claudia pascoal e isaura




CE: Até maio o que vão fazer para promover a nossa canção além-fronteiras?

I: Estamos a planear e a pôr várias coisas na mesa; eu prefiro não dizer nada em concreto na hipótese de alguma não acontecer. Mas as pré-parties, PR em alguns países da Europa e conteúdo multimédia e entrevistas para fora são algumas das hipóteses que já estamos a desenvolver. 

CE: E projetos para o futuro?

CP: Planeio lançar o meu primeiro single este ano, e estou muito entusiasmada com essa possibilidade.

I: Eu adiei o meu álbum que ia sair em Abril para Junho, de modo a poder dedicar-me inteiramente ao festival. Estes são os meus planos, dar o meu melhor no festival, fechar o meu Álbum e mostrá-lo às pessoas em Junho.

CE: Nomeiem 5 coisas de que gostam realmente.

CP: Café, música, família, amigos e arte.

I: Sushi, canetas de coleção, cadernos, instrumentos musicais, músicas bonitas.

CE: Quer desejar uma mensagem aos fãs eurovisivos e aos leitores do blogue?

CP: Queria agradecer todo o carinho e apoio que eu a Isaura temos recebido, sinto que estamos todos pelo mesmo e mais unidos do que nunca! Obrigada por isso!

I: Espero que tenham uma boa semana e que se sintam também parte desta equipa; somos 11 milhões a cantar a canção número 8 no dia 12 de maio! :)

Ouça a canção "O Jardim":


Imagem: Eurovision e RTP/Video: Eurovision Song Contest

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.