ESC 2018: chefe da delegação russa assume a culpa pela não passagem à final


Yuri Aksyuta, chefe da delegação da Rússia, culpa-se pela não passagem do país à final do Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2018.

"Sinto muito pela Julia e acredito que não seja fácil para ela... Assim que terminarmos a conversa, irei ter com ela para a confortar. Ela não tem que se culpar de nada, ela fez tudo o que podia" afirmou, realçando a competição deste ano: "Era muito difícil conseguirmos o apuramento, mas o culpado fui eu. Fui o produtor, quem escolheu os compositores e a forma como a atuação seria. E o concurso deste ano é bastante forte em termos musicais, com artistas muito fortes".




Pela primeira vez na história, o ESC 2018 acontece em solo português, mais especificamente na Altice Arena, em Lisboa, após Salvador Sobral ter vencido em 2017 com "Amar Pelo Dois" e um recorde de 758 pontos. 

Fonte/ImageM: ESCPortugal

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.