ESC 2018: portugueses não acreditam que Portugal volte a vencer o certame


Um estudo do Instituto Português de Administração de Marketing (IPAM) revela que este ano há mais portugueses que garantem que vão assistir ao Festival Eurovisão da Canção (ESC).

O Instituto Português de Administração de Marketing (IPAM) fez um estudo que mostra que os portugueses este ano estão mais interessados no Festival Eurovisão da Canção (ESC). Sensivelmente, 68% dos portugueses afirmou que vai assistir ao certame, o que se traduz num aumento de cerca de 20% em comparação com aqueles que já têm por hábito assistir.

No inquérito realizado a 1134 pessoas, entre os dias 21 de abril e 6 de maio, 69% dos inquiridos revelou que o verdadeiro motivo pelo qual vão assistir ao ESC 2018 é o facto de este se realizar em Portugal. Contudo, muitos realçaram também que vitória de Salvador Sobral é igualmente um motivo pelo qual vão assistir ao certame.

Apesar das diversas motivações para assistir à edição deste ano, 78.4% dos portugueses inquiridos não acredita que Portugal volte a segurar o troféu da vitória.




82.1% considera que é positivo que o certame se realize em solo português, não só pelo reconhecimento que traz no que toca à capacidade para organizar eventos desta dimensão, mas também pelo aumento de receitas diretas e indiretas.

Quando chamados a descrever o ESC, os inquiridos escolheram as palavras "música", "competição", "cultura", "alegria" e "popular", mas também as palavras "aborrecido" e "desatualizado".

Fonte e Imagem: Notícias ao Minuto

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.