Portugal: Eurovisão 2018 é a mais barata desde 2008


A 63ª edição do Festival Eurovisão da Canção (ESC) tem um orçamento estimado entre os 19,7 e 20,1 milhões de euros, sendo assim a mais barata desde 2008.

No entender de Jon Ola Sand, supervisor executivo, "o valor gasto este ano é o mais baixo desde 2008, ano em que começou a haver duas semifinais", numa conferência de imprensa no Parque das Nações, em Lisboa. No entanto, realça que as comparações entre países são difíceis de fazer, porque cada emissora e cada realidade externa são distintas.




Além destes valores, Jon Ola Sand realça a boa organização da Rádio e Televisão de Portugal (RTP) no comando do festival: "o que vimos na primeira semifinal foi o resultado dessa cooperação desde o primeiro dia”, acrescentando ainda que “foi um espetáculo memorável em termos de qualidade musical”.

Relembramos que, no caso da edição de 2018, cerca de 1/4 do orçamento foi garantido pela Câmara Municipal  de Lisboa (CML), que aprovou em março um investimento de cinco milhões de euros dos quais 2,8 milhões foram transferidos para a RTP, através de um protocolo celebrado entre o município, a estação pública de televisão e a Associação de Turismo de Lisboa (ATL).

O ESC 2018, realizado pela União Europeia de Radiodifusão (EBU) em parceria com a RTP, acontece na Altice Arena nos dias 08, 10 e 12 de maio, com a participação de 43 países.

Fontes: JN e Sol/Imagem: JN

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.