ESC 2019: Masada na corrida para sediar o festival


 O chefe do Conselho Regional de Tamar afirmou que este se vai candidatar para sediar a edição de 2019 do Festival Eurovisão da Canção (ESC) em Masada.

Dov Litvinoff, o chefe do Conselho Regional de Tamar no leste de Israel, declarou que vai apresentar uma proposta para sediar o Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2019 em Masada, planalto íngreme no redor do Mar Morto considerado Património Mundial da UNESCO.

"Fizemos grandes coisas em Masada, como o concerto de David Guetta, a ópera israelense, etc. O Salão Cultural da Natureza pode acomodar mais de 20 mil pessoas. É natural que vamos competir para sediar o evento", afirmou Litvnoff ao explicar os motivos que o levam a querer estar na corrida para sedir o festival. 

Questionado sorbre a fraca oferta hoteleira, Dov Litvinoff afirma que não há qualquer problema em relação a tal assunto: "temos quatro mil quartos de hotel perto de nós no Mar Morto, há mais 500 na área, e, se forem necessários mais, Jerusalém fica a uma hora de carro e cuidaremos do transporte público. (...) Em suma, estamos prontos e esperamos ser levados em consideração também".

Fonte: Eurovoix

Sem comentários


Não é permitido:

. Publicar comentários de teor comercial ou enviar spam;

. Publicar ou divulgar conteúdo pornográfico;

. O uso de linguagem ofensiva ou racista, ou a publicação de conteúdo calunioso, abusivo, fraudulento ou que invada a privacidade de outrem;

. Desrespeitar o trabalho realizado pelos colaboradores do presente blogue ou os comentários de outros utilizadores do mesmo - por tal subentende-se, criticar destrutivamente ou satirizar as publicações;

. Divulgar informações sobre atividades ilegais ou que incitem o crime.

Reserva-se o direito de não serem publicados comentários que desrespeitem estas regras.

Com tecnologia do Blogger.